Banco do Brasil anuncia isenção de nova tarifa sobre cheque especial em 2020

Banco do Brasil

O Banco do Brasil (BBAS3) anunciou na última segunda-feira, 23, que vai isentar a nova cobrança de tarifa de até 0,25% ao mês para todos os clientes que tiverem limite no cheque especial.

 Leia também: Banco do Brasil lança financiamento imobiliário indexado ao IPCA

A resolução CMN 4765, do Banco Central, prevê que as instituições bancárias possam cobrar essa nova modalidade de tarifa a partir do dia 6 de janeiro de 2020 para novos clientes. Entretanto, o Banco do Brasil resolveu isentar a taxa para os atuais e novos clientes no decorrer do próximo ano.

Em novembro, o Banco Central definiu as novas normas para o cheque especial. Ficando assim:

  • quem tiver até R$ 500 de limite no cheque especial e não o utilizar não paga nada
  • quem tiver mais do que R$ 500, o banco poderá cobrar 0,25% sobre o valor disponível que exceder o valor limite, ou seja, os R$ 500, mesmo que o cliente não faça uso do cheque especial

Ainda de acordo com o BC, caso use o cheque especial, a pessoa fica isenta dessa taxa de 0,25% e paga juro de até 8% ao mês. Esse valor continua valendo para os clientes do Banco do Brasil.

“A isenção da tarifa no cheque especial demonstra que proporcionar a melhor experiência para nossos clientes está no centro da nossa estratégia. A medida demonstra que buscamos cada vez mais aliar a oferta de produtos e serviços de qualidade, com a definição de preços e taxas ainda mais competitivos”, disse o presidente do BB, Rubem Novaes.

Foto: Pilar Olivares

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp