Amazon ainda está abaixo das concorrentes, afirma o Bradesco BBI

Amazon

O lançamento da Amazon Prime mexeu com os papéis das varejistas ontem na bolsa brasileira. Grandes nomes da indústria como Magazine Luiza (MGLU3) e Via Varejo (VVAR3) operaram em queda e, juntas com outras companhias do setor, perderam mais de R$ 5 bilhões em valor de mercado. No entanto, para o Bradesco BBI, a companhia norte-americana continua abaixo das concorrentes.

De acordo com analistas do banco, “a oferta de frete grátis e entrega em 2 dias representa a última etapa dos esforços da Amazon para melhorar seu serviço de entrega no Brasil. A Amazon fez grandes melhorias em seu serviço de entrega (prazos e custos) em relação à Black Friday no ano passado, para o qual o serviço de entrega foi pouco competitivo. Dito isto, enquanto a Amazon está se tornando mais competitiva, ainda fica abaixo dos pares no Brasil”.

O Magazine Luiza, por exemplo, já faz 40% de suas entregas em 48h, além de realizar delivery na região metropolitana de São Paulo e cidades como Belo Horizonte e Campinas. Por sua vez, a B2W (BTOW3) oferece um serviço de assinatura semelhante ao da Amazon Prime e custa R$ 79 por ano, ante R$ 89 da americana.

“Questionamos até que ponto o consumidor brasileiro está disposto a pagar uma assinatura pela entrega de comércio eletrônico quando houver tanto frete grátis disponível. À medida que o mercado começar a mudar para categorias de maior frequência, o serviço de assinatura pode se tornar mais atraente; mas nesse cenário, também esperamos que os pares locais ofereçam mais frete grátis”, informa o relatório divulgado pelo Bradesco.

Na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), as ações do Magazine Luiza recuperam a perda de ontem. Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) revelaram que as vendas no varejo cresceram 1,0% em julho de 2019 no comparativo com o mês anterior. É o terceiro resultado positivo, o que representa uma alta de 1,6% no período. Você pode acompanhar os papéis em tempo real direto pelo TradeMap:

Magazine Luiza
MGLU, às 11h, no TradeMap

Foto: Divulgação

Escrever um comentário