Navegue:
Suzano (SUZB3) estima dobrar investimento em 2022, a R$ 13,6 bilhões

Suzano (SUZB3) estima dobrar investimento em 2022, a R$ 13,6 bilhões

Companhia manteve a projeção para o exercício social deste ano em R$ 6,2 bilhões

A Suzano (SUZB3) voltou. Após dois anos com o pagamento de dividendos suspenso, a companhia anunciou a distribuição de R$ 1 bilhão.

Foto: Suzano/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

O conselho de administração da Suzano, empresa de papel e celulose, aprovou uma estimativa de investimento em bens de capital (capex) de R$ 13,6 bilhões em 2022. O valor supera em pouco mais de duas vezes o capex estimado para o exercício social deste ano, em R$ 6,2 bilhões.

Segundo a Suzano, a elevação em relação a 2021 decorre, em grande parte, do maior investimento no Projeto Cerrado, considerando investimentos industriais, florestais, de infraestrutura e logística.

Em relação ao capex de manutenção para o próximo ano, no valor de R$ 5 bilhões, a alta no comparativo com 2021 (R$ 4 bilhões) ocorre em efeito da inflação e do câmbio, principalmente sobre insumos e serviços associados à silvicultura.

A companhia de papel e celulose também associa a expansão à maior concentração de investimentos em máquinas e equipamentos florestais e maior intensidade de projetos relacionados ao avanço da quantidade de paradas gerais programadas.

Quanto ao grupo de expansão e modernização, o maior gasto previsto para 2022, de R$ 700 milhões contra R$ 500 milhões, em 2021, se refere à continuidade de projetos já iniciados em períodos anteriores.

Por sua vez, a linha de terras e florestas (R$ 600 milhões) representa, na visão da Suzano, o investimento adequado visando sua maior competitividade no longo prazo.

Confira a seguir a tabela com as previsões de capex para este ano e o próximo:

Capex (R$ bilhões)

2021 

2022

Manutenção 

4,0

5,0

Expansão, modernização, terminais portuários e outros

0,5

0,7

Terras e florestas

0,7

0,6

Subtotal

5,2

6,3

Projeto Cerrado

1,0

7,3

Total

6,2

13,6

Fonte: Suzano

Às 11h15 desta sexta-feira, 3, as ações da empresa (SUZB3) caíam 1,22%, a R$ 57,29. Em 12 meses, os papéis acumulam ganhos de 8,6% na B3. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap.

Compartilhe:

Tags:

Compartilhe: