Navegue:
Primeiro ETF de NFTs (NFTS11) do mundo estreia na Bolsa brasileira

Primeiro ETF de NFTs (NFTS11) do mundo estreia na Bolsa brasileira

Fundo permite acesso ao desempenho das maiores e mais líquidas gamecoins

Ilustração de moedas físicas representando gamecoins

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

O primeiro fundo listado em bolsa (Exchange-Traded Fund – ETF) do mundo que investe em NFTs (tokens não fungíveis) começou a ser negociado na B3 nesta segunda-feira (4).

O fundo, gerido pela Investo, opera sob o ticker NFTS11 e reflete o índice MVIS CryptoCompare Media & Entertainment Leaders, que tem como objetivo acompanhar a tendência dos maiores e mais líquidos ativos ligados a mídia e entretenimento, segundo a fornecedora de informações financeiras responsável pelo índice, a MVIS.

De acordo com dados da MVIS, o índice apresentou desvalorização de 15,25% desde seu lançamento, em outubro de 2021, e de 30,94% desde o início deste ano.

O maior componente do índice é a gamecoin Decentraland, com peso de 25,65%, seguida das também gamecoins The Sandbox, Axie Infinity Shards, Gala, Chiliz, Engin Coin e Basic Attention Token.

Os NFTs são uma espécie de certificado digital atrelado a qualquer tipo de item, como músicas, vídeos e até postagens de redes sociais, que garantem que os ativos não podem ser alterados.

Esse é o oitavo ETF de criptomoeda listado na B3.

Compartilhe:

Compartilhe: