Nova variante, PEC dos Precatórios, PIB e o que mais você precisa saber para investir bem na semana

Mercado ainda acompanhará as taxas de desemprego no Brasil e EUA e a produção industrial brasileira

bolsaopcao 1
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A última semana de novembro começa sob o impacto da descoberta da nova variante de covid-19, a Ômicron, que derrubou os mercados na última sexta. Ao mesmo tempo, os próximos dias estão recheados de fatos e indicadores importantes para os investidores.

Além da votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Precatórios no Senado, o mercado estará acompanhando de perto a divulgação do PIB (Produto Interno Bruto) do terceiro trimestre, das taxas de desemprego no Brasil e nos Estados Unidos e o IGP-M (Índice Geral de Preços Mercado) de novembro.

Na manhã desta segunda, dia 29, os mercados internacionais mostram alguma recuperação. Durante o fim de semana, a médica sul-africana que identificou a nova cepa do coronavírus ressaltou que os pacientes infectados até o momento mostram “sintomas extremamente leves”, fazendo a ressalva de que ainda é preciso tempo para avaliar os efeitos em pessoas vulneráveis.

Além disso, a fabricante de vacinas Moderna afirmou que seria possível atualizar o seu imunizante para a nova variante já no início de 2022, o que também trouxe algum alívio aos investidores.

O mercado está de olho também na votação da PEC na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), marcada para amanhã. Se passar na comissão, a proposta será levada ao plenário do Senado.

O receio dos investidores é que o texto, que viabiliza o pagamento de R$ 400 de Auxílio Brasil, não seja aprovado pelos senadores ou que seja alterado, o que obrigaria a ser votado novamente na Câmara. Nesses cenários, o governo poderia lançar mão da prorrogação do auxílio emergencial, o que seria uma solução mais onerosa às contas públicas.

  • Segunda-feira

Às 8h, a FGV (Fundação Getúlio Vargas) divulga o IGP-M (Índice Geral de Preços Mercado) de novembro. A expectativa é de alta para a inflação, mas menor do que outubro, quando o índice subiu 0,64%.

Às 8h, a FGV também informa as sondagens de serviços e comércio de novembro.

às 8h25, sai o Boletim Focus, pesquisa semanal do Banco Central com as expectativas para inflação, PIB, juros e câmbio.

Às 14h30, o Tesouro informa o resultado primário do governo em outubro.

Às 22h, será divulgado o PMI (índice de gerente de compras) da indústria e serviços da China.

  • Terça-feira

Às 7h, o Eurostat, departamento de estatísticas da Zona do Euro, divulga a prévia do CPI (inflação ao consumidor) de novembro.

Às 9h, o IBGE (Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística) divulga a nossa taxa de desemprego em setembro.

Às 12h, tem discurso do presidente do Fed (banco central americano), Jerome Powell.

Às 12h, saem os dados sobre confiança do consumidor em novembro.

  • Quarta-feira

Às 6h, a Markit informa o PMI (índice de gerente de compras) da indústria da Zona do Euro em novembro.

Às 10h, o HSBC divulga o PMI (índice de gerente de compras) da indústria brasileira em novembro.

Às 15h, sai a balança comercial brasileira em novembro, divulgada pela Secint (Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais)

Às 10h15, sai o emprego no setor privado nos Estados Unidos em novembro. O relatório ADP mede a variação mensal de empregos não agrícolas na maior economia do mundo.

Às 11h45, a Markit informa o PMI (índice de gerente de compras) dos EUA em novembro.

Às 12h30, o Doe (Departamento de Energia dos EUA) informa o número atualizado dos estoques de petróleo bruto no país.

Às 16h, o Fed (banco central dos Estados Unidos) divulga o Livro Bege. A publicação, um compilado de relatórios montados a partir de entrevistas com economistas e diretores de bancos e de empresas, sai oito vezes por ano com o objetivo de ajudar a embasar as decisões de política monetária da maior economia do mundo.

  • Quinta-feira

Às 7h, a Zona do Euro informa sua taxa de desemprego em outubro.

Às 9h, o IBGE divulga o PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil no terceiro trimestre.

Às 10h30, o DoL (Departamento de Trabalho dos EUA) informa o número atualizado de pedidos de auxílio desemprego no país.

  • Sexta-feira

Às 7h, a Zona do Euro divulga suas vendas no varejo em outubro.

Às 9h, sai a Pesquisa Mensal de Indústria de outubro, divulgada pelo IBGE.

Às 10h, o HSBC informa o PMI (índice de gerente de compras) de serviços em novembro no Brasil.

Às 10h30, a BLS (secretaria de estatísticas trabalhistas dos Estados Unidos) informa a taxa de desemprego nos EUA em novembro.

Às 11h45, a Markit informa o PMI (índice de gerente de compras) de serviços nos EUA em novembro.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Rolar para o topo
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais