Navegue:
Raia Drogasil (RADL3): lucro líquido fica estável em R$ 173,6 milhões no 3º trimestre

Raia Drogasil (RADL3): lucro líquido fica estável em R$ 173,6 milhões no 3º trimestre

Receita líquida de vendas e serviços cresceu 21%, para R$ 6,2 bilhões no período

Raia Drogasil Divulgação

Foto: Raia Drogasil/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A Raia Drogasil (RADL3) teve um lucro líquido ajustado de R$ 173,6 milhões durante o terceiro trimestre de 2021, o que representa leve contração de 0,5% em relação aos R$ 174,7 milhões obtidos no ano anterior. 

De acordo com a companhia, o desempenho foi decorrente dos investimentos em despesas gerais e administrativas para suportar sua estratégia. 

A receita líquida de vendas e serviços da empresa somou R$ 6,16 bilhões entre julho e setembro, cifra 21% maior que a registrada em igual período de 2020, quando totalizou R$ 5,09 milhões. 

O desempenho operacional, medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) ajustado, foi de R$ 446,2 milhões, crescimento de 12% na base ano a ano.  

A margem Ebitda ajustada diminuiu 0,6 ponto percentual, ao passar de 7,4% para 6,8%. 

No período, foram inauguradas 52 unidades e houve o fechamento de 12 lojas. Desse modo, a RD fechou o mês de setembro com aproximadamente 2,4 mil lojas ao redor do Brasil.  

A participação de mercado da varejista farmacêutica avançou 1,1 ponto percentual no terceiro trimestre frente ao mesmo intervalo do ano passado, para 14,3%, com ganhos em todas as regiões do país. 

Proventos 

A companhia ainda informou que seu conselho de administração aprovou o pagamento de R$ 173 milhões em proventos, divididos em juros sobre capital próprio (JCP) e dividendos. 

Em JCP, será pago o montante de R$ 53 milhões até o dia 31 de maio de 2022, equivalente ao valor bruto de R$ 0,0321 por ação. 

Terá direito à remuneração o acionista que tiver posição acionária em 12 de novembro de 2021. A partir do dia 16 deste mês, os papéis serão negociados “ex-JCP”, com retenção de Imposto de Renda na Fonte. 

Enquanto isso, nos dividendos intermediários, será pago o total de R$ 120 milhões no próximo dia 1º, com base no lucro líquido ajustado apurado no balanço patrimonial do fim de junho. 

O montante corresponde ao valor bruto por ação de R$ 0,0728. 

Terá direito ao benefício o acionista com posição acionária no dia 12 deste mês A partir da próxima terça-feira, 16, os ativos serão negociados “ex-dividendos”, sem retenção de Imposto de Renda na Fonte. 

As ações da companhia (RADL3) fecharam o pregão desta terça-feira, 09, em leve valorização de 0,74%, a R$ 24,38. 

Compartilhe:

Compartilhe: