Navegue:
Em dia de queda quase generalizada, Ibovespa recua 1,82%, aos 104.404 pontos

Em dia de queda quase generalizada, Ibovespa recua 1,82%, aos 104.404 pontos

Varejistas sofrem na sessão e protagonizam quedas do índice

scott graham 5fNmWej4tAA unsplash 1

Foto: Unsplash

Por:

Gustavo Nicoletta

Compartilhe:

Por:

Gustavo Nicoletta

Em pregão pós-feriado de quedas quase generalizadas na Bolsa, o Ibovespa encerrou a sessão com tombo de 1,82%, aos 104.404 pontos, descolando do mercado acionário americano. No mês, o índice acumula alta de 0,87%, enquanto, em 2021, o recuo chega a 12,28%.

Já em Wall Street, o dia foi positivo. O índice Dow Jones avançou 0,15%, aos 36.142 pontos, o S&P 500 teve alta de 0,39%, aos 4.701 pontos, e o Nasdaq valorizou 0,76%, aos 15.974 pontos. O dólar Ptax avançou 0,92%, a R$ 5,47.

Entre os destaques domésticos do dia, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) caiu 0,27% em setembro na comparação com agosto, quando recuou 0,29%, segundo dados ajustados por fatores sazonais divulgados pela instituição.

A queda de setembro ficou em linha com as expectativas da maioria das instituições financeiras, mas acendeu um sinal de alerta no mercado, dadas as revisões para baixo no desempenho do indicador em meses anteriores e do cenário de elevação dos juros e de inflação alta nos próximos meses.

Em paralelo, as instituições financeiras consultadas pelo Banco Central elevaram a previsão para a inflação em 2021 e em 2022 e voltaram a revisar para cima a expectativa de alta de preços para 2023 depois de sete semanas de estabilidade nas projeções para aquele ano, segundo a edição mais recente do boletim Focus.

Segundo o documento, a previsão para a inflação em 2021 subiu de 9,33% para 9,77%, registrando a 32ª alta consecutiva e se distanciando ainda mais do teto da meta, de 5,25%. A estimativa para 2022 aumentou pela 17ª vez seguida, de 4,63% para 4,79%. Saiba mais aqui.

“Quando tem indicadores que afetam perspectiva de crescimento de PIB e dos lucros das empresas, sempre há reflexo negativo sobre a Bolsa, como a gente tem visto em vários pregões”, observou Juan Morales, superintendente de renda variável da SulAmérica Investimentos.

Pelo Focus, a estimativa de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano caiu de 4,93% para 4,88%, enquanto a projeção para 2022 passou de 1,00% para 0,93%.

Em meio ao fim da safra de resultados corporativos do terceiro trimestre, Morales ainda chama atenção para a cena política, em meio a receios quanto à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios.

“Se isso não passar vai ser muito ruim para investidores e mercado de ações, porque vai significar mais incerteza fiscal”, disse, acrescentando que como o governo federal precisa da capacidade de gastos proporcionada pela PEC, a alternativa ao texto seria a abertura de créditos extraordinários que não estão sujeitos ao teto de despesas.

Varejistas

Dentro do Ibovespa, o setor de varejo foi um dos mais prejudicados da sessão. Magazine Luiza (MGLU3) lideou as quedas, com recuo de 12,65%, a R$ 9,74, Lojas Americanas (LAME4) desvalorizou 9,26%, a R$ 5,98, enquanto Americanas (AMER3) teve baixa de 8,77%, a R$ 34,12.

“O setor de varejo depende diretamente de renda e, com aumento de juros significativo, a expectativa de renda e a confiança de consumo devem arrefecer ainda mais. O quarto trimestre, especificamente no varejo, responde por mais de 40% das vendas do ano, principalmente por causa de Black Friday e do Natal, e, com menor apetite ao consumo, as vendas nestas datas podem vir mais fracas”, observou Morales.

Ele ressaltou que as varejistas também são afetadas pela alta dos juros na parte das despesas, devido ao encarecimento do capital de giro – o dinheiro que a empresa precisa para sustentar operações, desde a compra de estoque até a venda do produto.

Locaweb

Locaweb (LWSA3) também esteve entre os principais recuos de hoje, com queda de 11,78%, a R$ 16,85. A desvalorização foi embalada pela divulgação de balanços, com destaque para a margem Ebitda de 16% no terceiro trimestre, recuo de 12,3 pontos percentuais na comparação anual.

Apesar do estresse do mercado, Fernando Cirne, CEO da companhia, disse em entrevista ao Money Times que a redução da margem foi um movimento proposital e controlado, visando a continuidade da trajetória de expansão da empresa.

Petrobras

Somente nove papéis tiveram alta na sessão, com destaque para Petrobras (PETR3, PETR4), com avanços impulsionados por projeções de demanda de petróleo e pela alta do preço da commodity. PETR3 subiu 1,51%, a R$ 28,24, enquanto PETR4 teve alta de 1,04%, R$ 27,27.

A Agência Internacional de Energia (AIE) informou que, apesar de o mercado mundial de petróleo continuar apertado, um alívio no rali dos preços do produto pode estar no horizonte em virtude de um aumento da oferta do produto, e não da queda de demanda, que vem crescendo conforme as restrições sociais contra a Covid-19 são afrouxadas.

Agenda de quarta-feira, 17

Esta quarta-feira será marcada pela divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (CPI) referente ao mês de outubro na Zona do Euro, às 7h.

Nos Estados Unidos, o destaque fica com o informe dos estoques de petróleo bruto atualizados pelo Departamento de Energia Americano (DOE), às 12h30.

Além disso, acontecerão os discursos de Mary Daly, do Fed de São Francisco, às 14h40. Às 18h05, será a vez de Charles Evans, do Fed de Chicago, e, às 18h10, de Raphael Bostic, do Fed de Atlanta.

Compartilhe:

Compartilhe: