Navegue:
Aura Minerals divulga recorde de produção nos últimos 12 meses

Aura Minerals divulga recorde de produção nos últimos 12 meses

A companhia espera níveis ainda maiores no último trimestre deste ano

aura divulgacao

Foto: Aura/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A Aura Minerals divulgou seus resultados preliminares referentes ao terceiro trimestre deste ano. Até o fim do mês de setembro, a produção consolidada da empresa foi de 191.389 onças equivalentes de ouro (GEO).

No período em análise, a produção da companhia atingiu 61.558 GEO, enquanto no terceiro trimestre de 2020, a produção foi de 57.725 GEO. A Aura espera alcançar níveis de produção maiores no próximo trimestre.

A produção da companhia nos últimos 12 meses encerrados em 30 de setembro atingiu a marca histórica de 260.353 GEO.

A mina de San Andres sofreu uma paralização durante o mês de julho em decorrência de bloqueios legais, o que impactou a produção do trimestre em cerca de 5 mil a 6 mil onças. No terceiro trimestre de 2021, a produção nesta mina foi de 17.552 GEO, queda de 24% frente ao trimestre anterior e de 7% em comparação com o mesmo período no ano passado.

O desempenho das minas de EPP sofreram prejuízo devido às chuvas fora de época, que dificultaram o acesso ao minério de alto teor de Ernesto no fundo da cava e causaram acúmulo de água e dificuldade em amostragem. O teor do minério foi inferior ao esperado. A produção destas minas foi de 15.191 GEO nos últimos três meses, um aumento de 8% frente ao segundo trimestre deste ano. Entretanto, a variação na comparação anual foi negativa em 22%.

A mina de Aranzazu, que recebeu investimentos para aumento de 30% da capacidade, atingiu um resultado histórico de produção GEO, com média mensal de 100 mil toneladas. A produção da mina foi de 26.745 GEO, superior em 18% frente aos números do trimestre anterior e em 49% em relação ao terceiro trimestre de 2020. A companhia espera uma evolução dos teores nos próximos meses frente ao trimestre que se encerrou.

No pregão desta quarta-feira, 13, os papéis da Aura (AURA33) avançavam 2,11% por volta das 16h45, negociados a R$ 54,78.

Compartilhe:

Compartilhe: