Navegue:
Juros em alta ofuscam avanço em aquisição da Eneva (ENEV3); ação despenca

Juros em alta ofuscam avanço em aquisição da Eneva (ENEV3); ação despenca

Para analista da Ativa Investimentos, movimento de queda está relacionado ao aumento dos juros no Brasil

Energia elétrica - Unsplash

Foto: Unsplash

Por:

Compartilhe:

Por:

O mercado amanheceu nesta terça-feira, 4, com a repercussão da notícia de que a Eneva avançou na aprovação de alguns elementos da incorporação da Focus Energia, que havia sido anunciada no final de 2021.

Contudo, mesmo com o cenário positivo para a Eneva, visto que a operação vai ajudar a companhia a expandir suas operações de venda de energia, os papéis da elétrica caem no pregão de hoje. Por volta das 14h30, eles recuavam 4,24%, a R$ 12,87.

Para Felipe Vella, analista técnico da Ativa Investimentos, não se trata de uma rejeição do mercado à transação, mas, sim, uma consolidação de uma trajetória de queda das ações que teve início em junho do ano passado, quando começou o ciclo de alta na taxa básica de juros, a Selic. Para se ter uma ideia, de lá para cá, o papel acumula retração de 26,3%.

“Tratamos a queda como algo salutar”, afirma o analista à Agência TradeMap, que complementa que a companhia anunciou uma recompra de seis milhões de ações recentemente, o que sugere que a “empresa acredita nos seus projetos e que deve ter um retorno sobre o patrimônio (ROE) muito interessante para cogitar fazer esta operação”.

Na visão dele, tanto o programa de recompra de ações quanto a incorporação da Focus são temas positivos para a empresa no longo prazo.

Vella ainda ressalta que, após um terceiro trimestre favorável em termos de despacho, a Ativa espera que a dinâmica deva continuar positiva à geração de caixa por parte da companhia durante os próximos trimestres. Apesar disso, a corretora tem recomendação neutra para os papéis da Eneva, com preço-alvo de R$ 16,50 para final de 2022 – potencial de valorização de 22,7% frente ao fechamento de ontem, 3.

Compartilhe:

Compartilhe: