Navegue:
Ibovespa não resiste à tendência global e cai 0,35% com empurrão da Cogna (COGN3)

Ibovespa não resiste à tendência global e cai 0,35% com empurrão da Cogna (COGN3)

Cautela antes do anúncio da decisão do Fed, na quarta-feira, fez bolsas no exterior cair

DepositPhotos Mercado 300x225 1
Por:

Compartilhe:

Por:

O Ibovespa até que tentou, mas não conseguiu se desvencilhar do clima tenso do exterior. O principal índice da Bolsa, que passou a maior parte do dia em alta, virou na reta final do pregão e fechou o dia em queda de 0,35%, aos 107.383 pontos. A ação da Cogna, de educação, foi um dos principais destaques negativos.

Nos Estados Unidos, Dow Jones caiu 0,89%; Nasdaq, 1,53%; e o S&P 500, 0,91%. Na Europa, o Stoxx 600 recuou 0,44%. A queda lá fora refletiu a cautela dos investidores antes do anúncio da decisão do Federal Reserve, o banco central americano, que será na quarta-feira, dia 15.

Especialistas acreditam que a instituição vai dobrar a velocidade de redução nos estímulos que oferece à economia e sinalizará até duas altas de juros em 2022. A inflação elevada nos Estados Unidos, no entanto, deixa margem para mais austeridade. Com isso, alguns investidores preferiram liquidar posições antes do anúncio.

“Os efeitos naturalmente não se resumem apenas ao dia da divulgação (que também tem uma agenda carregada de indicadores macro), como também mudará a percepção de mercado ao longo das próximas semanas”, disse o BTG Pactual digital, em um relatório.

“Entendemos que o ambiente ainda é de apetite ao risco, mas nossa visão é de que o retorno esperado das principais classes de ativos será mais cômodo no próximo ano”, acrescentou.

Destaques do dia

A Vale (VALE3) subiu 2,92% acompanhando a alta nos preços do minério de ferro. A commodity chegou a subir quase 6% na bolsa de Dalian depois que o governo da China sinalizou que investirá em infraestrutura em 2022. Bradespar (BRAP4), holding cujo ativo é uma fatia de 5,7% na Vale, acompanhou o movimento das ações da mineradora e fechou em alta de 2,88%.

Cogna (COGN3 -9,31%) teve uma das maiores quedas dentre os componentes do Ibovespa depois de a companhia indicar que a receita da Kroton, uma das empresas do grupo, só voltará a crescer em 2023.

As ações do setor de saúde também tiveram um dia positivo depois de o Bradesco BBI recomendar o setor. Destaque para Hapvida (HAPV3 +3,13%) e Intermédica (GNDI3 +3,01%), que estavam entre as maiores altas do Ibovespa.

Fleury (FLRY +0,26%) também subiu depois de anunciar uma parceria com o Hospital Albert Einstein na área de pesquisa genômica.

Agenda de amanhã

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central divulga às 8h a ata da reunião de política monetária ocorrida na semana passada, quando a instituição indicou que acha justificável manter juros altos por um bom tempo e até o mercado esperar uma inflação mais alinhada com as metas de 3,50% para o ano que vem e de 3,25% para 2023.

A Câmara dos Deputados deve votar os trechos remanescentes da PEC dos Precatórios, capazes de liberar pouco mais de R$ 46 bilhões em despesas adicionais no orçamento de 2022. Esse espaço fiscal é importante porque o governo está contando com o dinheiro para cobrir despesas obrigatórias no ano que vem obedecendo à regra do teto de gastos — que limita o crescimento dos gastos públicos à inflação.

Além disso, o IBGE divulga os dados sobre a receita do setor de serviços de outubro, às 9h, e a China publica os números de produção industrial e vendas no varejo, às 22h30.

Compartilhe:

Tags:

Compartilhe: