Navegue:
Ibovespa avança com empurrão do setor bancário; Pan (BPAN4) lidera as altas

Ibovespa avança com empurrão do setor bancário; Pan (BPAN4) lidera as altas

Após abertura em queda, índice tem alta ao longo do dia e está perto da estabilidade, puxada pelo setor financeiro. Inter e Pan lideram altas

Banco Pan
Por:

Compartilhe:

Por:

O Ibovespa opera em leve alta no último dia da semana. Puxado principalmente pelos setor bancário, o principal índice da Bolsa anotava subida de 0,75%, às 14h, aos 106.325 pontos.

A ação que mais subia era a do Banco Pan (BPAN4), que subia 5,93%, após a instituição ter informado, na noite de quinta-feira, dia 13, que sua controladora, o BTG Pactual, aumentou a sua participação no negócio, para 73,02%.

Outros bancos também apresentavam uma boa performance. Banco Inter (BIDI11), por exemplo, subia 4,25%, após ter passado uma parte da manhã em queda. Banco do Brasil (BBAS3) também se destacava, com avanço de 2,70%. E o Itaú Unibanco (ITUB4), com leve valorização de 0,04%.

Fonte: TradeMap
Fonte: TradeMap

Para Alexandre Brito, sócio da Finacap Investimentos, as perspectivas para o setor bancário tem sido positivas. Apesar dos investidores estarem olhando mais para fintechs e bancos digitais, ele vê uma vantagem competitiva nos bancões. “Pelo capital, a carteira de crédito e a capilaridade das instituições mais tradicionais, fica difícil para os outros replicarem no curto prazo”, complementa.

O varejo também tem tido um desempenho favorável nesta sexta. As ações foram impulsionadas pelo resultado do setor divulgado nesta sexta pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que mostrou que o comércio varejista teve crescimento de 0,6% em relação a outubro, que, por sua vez, havia tido alta de 0,2%. Magalu (MGLU3), por exemplo, subia 2,46%, após dias seguidos de baixa.

Contudo, os dados recentes do avanço da variante Ômicron podem prejudicar os próximos resultados. Na quinta, o Brasil registrou 97,2 mil novos casos de Covid-19. A média móvel agora passa de 60 mil.

Entre as principais quedas do dia, estavam Locaweb (LWSA3), com recuo de 4,46%; CVC (CVCB3), com 3,26%; e Alpargatas (ALPA4), com 3,28%.

Mercados externos em baixa após varejo e indústria caírem nos EUA

Nos Estados Unidos, pesaram sobre sobre as bolsas os resultados de vendas no varejo no país, que caíram 1,9% em dezembro ante novembro, que havia tido alta de 0,2%. As vendas somaram US$ 626,8 bilhões, segundo dados divulgados pelo Departamento do Comércio. Especialistas esperavam uma queda menor, de 1%. A produção industrial norte-americana também anotou baixa de 0,1% em dezembro ante novembro.

Como resultado, os índices de Wall Street apresentavam baixa. Às 12h45, Dow Jones caía 0,69%; S&P 500, 0,38% enquanto Nasdaq, que sofre com a queda das empresas de tecnologia, apresentava estabilidade, em queda de 0,07%.

O movimento do mercado externo pode mudar por causa de balanços previstos para esta sexta.  JP Morgan, Citigroup, BlackRock e Wells Fargo divulgam seus resultado. O JP Morgan já publicou os números e as ações caem 3% no pré-mercado.

Na Europa, o FTSE 100, de Londres, operava em leve queda de 0,02%. Já o DAX, da Alemanha, caía 0,76%, enquanto o Euro Stoxx 50 recuava 0,80%.

Compartilhe:

Compartilhe: