Navegue:
Embraer (EMBR3) recebe encomendas de ao menos US$ 2,68 bilhões e impulsiona alta das ações

Embraer (EMBR3) recebe encomendas de ao menos US$ 2,68 bilhões e impulsiona alta das ações

De forma individual, o valor de US$ 1,12 bilhão é da Alaska Air Group e US$ 1,56 bilhão da Porter Airlines

Avião da Alaska E175 feito pela Embraer

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

A Embraer (EMBR3) anunciou na manhã desta terça-feira (19) que recebeu a encomenda de 28 jatos, sendo oito de aeronaves adicionais para a Alaska Air Group, além da opção de compra de mais 13, e 20 jatos da Porter Airlines, totalizando ao menos US$ 2,68 bilhões na sua carteira de pedidos firmes. De forma individual, o valor de US$ 1,12 bilhão é da primeira e US$ 1,56 bilhão da segunda.

No caso da Alaska, a aeronave E175 voará exclusivamente sob um contrato de capacidade com a Horizon Air. Os novos jatos terão 76 assentos e serão entregues ao longo dos próximos quatro anos, a partir do segundo trimestre de 2023.

No início deste ano, a Horizon Air anunciou que passaria a ter o E175 como frota única de jatos. Atualmente, a companhia aérea voa com um mix de 31 aeronaves turboélice Q400 e 30 aeronaves E175s. Ao todo, serão entregues nove E175s no próximo ano como parte de um pedido anterior, que também inclui mais três entregas em 2025.

No comunicado enviado ao mercado, o diretor da Embraer para as Américas, Mark Neely, afirmou que a aeronave do tipo E-175 é a “espinha dorsal” da malha regional dos Estados Unidos. “Além de alimentar centros aeroportuários em todo o país, gera a conectividade que todas as comunidades precisam para prosperar, tanto econômica quanto socialmente”.

Porter Airlines

De acordo com a Embraer, a Porter Airlines usará o E195-E2 para estender seu serviço para destinos em toda a América do Norte. Este novo acordo eleva os pedidos da Porter para um total de até 100 aeronaves E195-E2, sendo 50 pedidos firmes e 50 direitos de compra.

Em 2021, a empresa americana havia encomendado 30 jatos Embraer E195-E2, com direito de compra de mais 50 aeronaves, no valor de US$ 5,82 bilhões, se todas as opções forem exercidas.

A fabricante brasileira de aeronaves disse ainda que a Porter Airlines será o cliente de lançamento da mais nova família de jatos da empresa, o E2. “O investimento da compradora trará mudanças significativas na aviação canadense, aumentando a concorrência e elevando os níveis de serviço aos passageiros”.

As iniciativas anunciadas pela Embraer davam impulso para as ações da fabricante brasileira, que subiam 2,04%, a R$ 11,53, figurando entre as maiores altas do Ibovespa.

Dentre 6 recomendações colhidas pela Refinitiv com instituições financeiras e disponíveis no TradeMap, cinco são de compra do papel da Embraer e uma para manter a posição. A mediana dos preços-alvo é de R$ 21, o que representa uma valorização de 85,84% em relação ao fechamento desta segunda-feira (18), que foi de R$ 11,30.

⇨ Quer conferir quais são as recomendações de analistas para as empresas da Bolsa? Inscreva-se no TradeMap!

Compartilhe:

Compartilhe: