Navegue:
Efeito Elon Musk? Twitter (TWTR34) contraria expectativa e anuncia prejuízo no 2º trimestre

Efeito Elon Musk? Twitter (TWTR34) contraria expectativa e anuncia prejuízo no 2º trimestre

Twitter atribuiu parte da queda no faturamento às dúvidas que pairam no mercado à respeito da venda da companhia para o empresário Elon Musk

pessoa segura celular com logotipo do Twitter exibido na tela

Foto: khak / Shutterstock.com

Por:

Compartilhe:

Por:

O Twitter (TWTR34) registrou prejuízo de US$ 270 milhões no segundo trimestre, resultado bem diferente do observado no mesmo período do ano passado, quando a empresa lucrou US$ 66 milhões.

A perda foi motivada tanto por uma leve queda na receita – de 1,2%, para US$ 1,17 bilhão, quanto pelo aumento de 31% nas despesas da companhia, principalmente por causa de investimentos em pesquisa e desenvolvimento, que cresceram 52% e responderam por quase um terço das despesas do período.

Os resultados ficaram aquém das expectativas do mercado. Segundo informações da corretora britânica City Index UK, a previsão dos especialistas era de um lucro por ação de US$ 0,14 – bem diferente do prejuízo de US$ 0,35 por papel apresentado pelo Twitter.

A rede social, no entanto, divulgou que seu índice de uso diário da plataforma chegou a 237,8 milhões de usuários no segundo trimestre, alta de 16,6% em relação ao mesmo período do ano passado e em linha com as previsões de analistas.

Em comunicado, o Twitter atribuiu parte do resultado financeiro decepcionante à turbulência vivida pela companhia ao longo do segundo trimestre.

⇨ Quer conferir quais são as recomendações de analistas para as empresas da Bolsa? Inscreva-se no TradeMap!

Segundo a empresa, a queda na receita, por exemplo, “reflete contratempos na indústria de anúncios associadas ao ambiente macro, bem como a incertezas relacionadas à aquisição pendente do Twitter por uma empresa afiliada a Elon Musk”, afirmou.

No segundo trimestre, o empresário Elon Musk fez uma oferta de compra ao Twitter, disse que a empresava calculava mal o número de usuários falsos na plataforma e desistiu do acordo. A transação agora está sendo discutida nos tribunais. A companhia quer que Musk cumpra o acordo inicial. O julgamento está previsto para outubro deste ano.

Relembre:
Twitter (TWTR34) cai e ação passa a valer menos que antes de Musk virar grande acionista

“A adoção do acordo de fusão pelos nossos acionistas é a única condição regulatória remanescente para concluir o acordo nos termos negociados. O momento exato da conclusão do acordo, se ele vier a acontecer, não pode ser previsto porque o assunto está sob litígio”, acrescentou.

Por volta das 9h35, as ações do Twitter (TWTR) recuavam 1,54% no pré-mercado da Nasdaq.

Compartilhe:

Compartilhe: