Navegue:
Dogecoin, a moeda meme favorita de Musk, dispara com a compra do Twitter

Dogecoin, a moeda meme favorita de Musk, dispara com a compra do Twitter

Euforia no mercado impulsiona criptomoedas e mantém Bitcoin acima de US$ 40 mil nesta terça-feira (26)

Duas moedas de Dogecoin dentro de uma carteira

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

A euforia gerada após a confirmação da compra do Twitter (TWTR34) pelo bilionário Elon Musk se alastrou para o mercado de criptomoedas e segue dando sustentação para a Dogecoin (DOGE) nesta terça-feira (26). A memecoin, criada em 2013, tem o sul-africano como o seu maior entusiasta. 

Por volta das 12h15 (de Brasília), a DOGE, registrava avanço de 8,38%, cotada a US$ 0,15, segundo a plataforma CoinDesk. O desempenho colocava a memecoin entre as maiores altas do dia. 

No mesmo horário, o Bitcoin (BTC), referência do mercado de moedas digitais, recuava 0,07%, a US$ 40.428, segundo dados do Mercado Bitcoin disponíveis na plataforma TradeMapO Ethereum (ETH) registrava alta de 0,97%, enquanto a Terra (LUNA) subia 1,17%, conforme a CoinDesk. 

O avanço da DOGE nesta manhã dá sequência à disparada de mais de 20% na véspera após a oficialização da aquisição do Twitter por Musk em um negócio de US$ 44 bilhões. A memecoin já foi citada pelo bilionário em diversas oportunidades e acabou se tornando alvo da legião de seguidores do sul-africano. 

A DOGE já vinha em direção contrária ao mercado desde o início do mês, com os primeiros capítulos da novela envolvendo Musk e o Twitter. A memecoin disparou no dia 5, na esteira da divulgação da compra de 9% das ações da rede social pelo sul-africano. Em paralelo, o BTC operava em queda.

“Os especuladores estão comprando Dogecoin devido à obsessão de Elon com a criptomoeda e, portanto, pela possibilidade de a Dogecoin ganhar mais utilidade em uma das maiores redes de mídia social, uma vez que Elon tem o controle da empresa”, diz o analista de mercado Marcus Sotiriou, da Global Block, empresa de negociação de ativos digitais.

A animação, porém, pode durar pouco. Na sexta-feira (22), a plataforma de pagamentos Stripe anunciou uma parceria com o Twitter para testar um sistema de transferência em criptomoedas para criadores de conteúdo. Para a frustração dos fãs da DOGE, a empresa apontou a USD Coin (USDC), moeda digital atrelada ao dólar, como base para o sistema.

Compartilhe:

Compartilhe: