Navegue:
Usiminas reverte prejuízo e registra lucro de R$ 1,2 bilhão no 1º trimestre de 2021

Usiminas reverte prejuízo e registra lucro de R$ 1,2 bilhão no 1º trimestre de 2021

A receita líquida dos três primeiros meses do ano alcançou R$ 7,1 bilhões, expansão de 86%

Usiminas - foto divulgação
Por:

Compartilhe:

Por:

A Usiminas (USIM5) reverteu o prejuízo de R$ 424 milhões registrados no primeiro trimestre de 2020 e lucrou R$ 1,205 bilhão no mesmo período deste ano. Na comparação com o quarto trimestre de 2020, contudo, a companhia reportou queda de 37%.

O resultado menor se deve pela rubrica de Impairment durante o quarto trimestre, “sem efeito similar nesse período, e perdas cambiais líquidas de R$ 355 milhões no 1º primeiro trimestre de 2021, ante ganhos cambiais de R$ 286 milhões no quarto trimestre do ano passado”.

Enquanto isso, no comparativo com o mesmo período de 2020, a companhia reportou melhora em seu resultado final, por conta das melhorias em seus dados operacionais, com forte crescimento no Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização).

A receita líquida dos três primeiros meses do ano alcançou R$ 7,1 bilhões, elevação de 29,1% em relação ao 4T20, e 86% se comparado ao 1T20, com destaque para a Unidade de Siderurgia e Unidade de Transformação do Aço. 

O volume de vendas de aço da Usiminas cresceu 20% ante o mesmo período de 2020 e de 11% frente ao quarto trimestre, para 1,25 milhão de toneladas, enquanto o volume de vendas de minério ficou em 1,949 milhão de toneladas, queda de 14% frente ao trimestre imediatamente anterior e de 12% frente ao mesmo período do ano anterior.

No trimestre, a Usiminas manteve um caixa consistente, terminando com R$ 4,6 bilhões, inferior em 5,5% em relação à posição de ao final de 2020. Além do resultado, a companhia anunciou o seu guidance de volume para o próximo período, esperando vender entre 1,2 milhão de tonelada e 1,3 milhão de toneladas de aço.

Foto: Divulgação

Compartilhe:

Tags:

Compartilhe: