Robinhood protocola pedido de IPO na Nasdaq

A corretora norte-americana não informou o montante que pretende movimentar com a oferta

Robinhood Divulgacao
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

Robinhood protocolou nesta quinta-feira, 01, um pedido de registro de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Nasdaq, a bolsa americana. De acordo com o prospecto, as ações serão listadas sob o ticker HOOD. 

Apesar de não ter sido divulgado o montante que a empresa pretende movimentar com a oferta, em dezembro de 2020, a agência de notícias Reuters informou que a companhia havia escolhido Goldman Sachs para coordenar o IPO, que pode ser avaliado em cerca de US$ 20 bilhões. 

Segundo o documento, a corretora norte-americana possui 1,7 milhões de usuários ativos mensais e US$ 81 bilhões em ativos sob custódia. 

No primeiro trimestre de 2021, a companhia obteve um prejuízo de US$ 1,4 bilhão, ante a perda de US$ 52,6 milhões no mesmo período do ano anterior.  

A sua receita trimestral aumentou de US$ 127,6 milhões para US$ 522,2 milhões no comparativo anual. 

Conforme a publicação, os recursos obtidos serão destinados ao pagamento de dívidas e a propósitos corporativos gerais.  

A operação deve ser constituída de três classes de ações com diferentes direitos de voto.  

“Nossa missão é democratizar as finanças para todos”, afirma a companhia.  

O IPO é coordenado pelos bancos J.P. Morgan Goldman Sachs. 

Sobre a Robinhood 

A plataforma californiana Robinhood, fundada por Baiju e Vlad, oferece transações ilimitadas sem comissões em ações, fundos em bolsa (ETFs) e criptomoedas.  

Sua unidade cripto surgiu em 2018 e garantiu cerca de 10 milhões de clientes o primeiro trimestre deste ano, isso devido ao forte crescimento do aplicativo durante a pandemia.  

Calcula-se que aproximadamente metade de seus usuários são investidores novatos. Ou seja, pessoas que estão se expondo pela primeira vez às negociações, inclusive de criptomoedas. 

A corretora fornece suporte para a negociação de diversos ativos do mercado cripto, incluindo bitcoin (BTC), ether (ETH) e dogecoin (DOGE). 

Polêmicas  

A corretora já havia tentado abrir capital, mas havia sido barrada pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) pela entidade reguladora questionar o envolvimento da plataforma com criptomoedas, devido ao seu rápido crescimento nos últimos tempos. 

No início de 2021, a plataforma esteve envolvida na polêmica do disparo das ações da GameStop, em um movimento arquitetado por investidores.  

Em fevereiro, Vladimir Tenev, CEO da Robinhood, chegou a ser convocado para testemunhar sobre o caso no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara. Na época, o CEO disse que a empresa ficou de fora da situação. 

*Com Estadão

Foto:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Rolar para o topo
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais