Navegue:
Prejuízo da Linx recua 24% no 1º tri, para R$ 6,87 milhões

Prejuízo da Linx recua 24% no 1º tri, para R$ 6,87 milhões

Braços Digital, Pay e Core da empresa viram suas receitas avançarem no trimestre.

linx divulgacao
Por:

Compartilhe:

Por:

O prejuízo líquido da Linx (LINX3) no primeiro trimestre de 2021 foi de R$ 6,87 milhões, de acordo com relatório divulgado na segunda-feira, 17. O valor representa uma queda de 24% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o prejuízo da empresa foi R$ 9,05 milhões. 

De acordo com a empresa, a variação positiva aconteceu com a expansão da receita operacional líquida com a aceleração do processo de transformação digital e do reajuste anual dos contratos da Linx com seus clientes. 

Nesse sentido, a receita líquida registrada pela Linx entre janeiro e março somou R$ 230,58 milhões, uma alta de 10,6% frente aos R$ 208,53 milhões do igual período de 2020. 

→ Veja também: Linx pagará multa de R$ 30 milhões à Stone caso não cumpra obrigações com a venda

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 24% no período de um ano. Saindo de R$ 37,34 milhões registrado em 2020, para R$ 46,30 milhões nos primeiros três meses de 2021. 

A empresa apontou em relatório que a Linx Digital alcançou participação de 14,7% na receita recorrente trimestral, enquanto o Linx Pay chegou a 13,1% de participação e a Linx Core avançou para 14,6%.

Compartilhe: