Linx pagará multa de R$ 30 milhões à Stone caso não cumpra obrigações com a venda

Os fundadores da Linx, Nércio Fernandes, Alberto Menache e Alon Dayan, se comprometeram a pagar uma multa compensatória no valor de R$ 30 milhões à Stone caso eles não pratiquem as obrigações necessárias para consumar a aquisição da Linx pela Stone.

Esse e mais outros atos estão previstos no compromisso de voto e assunção de obrigações firmado entre as companhias. O documento foi enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pela Linx na última terça-feira, 18.

Além do mais, o compromisso assegura que a venda da Linx, ou qualquer outra forma de associação, deve ser feita com exclusividade à Stone, sem poder buscar ou iniciar qualquer proposta de terceiros.

“Todas e quaisquer disputas que possam surgir entre as partes em decorrência deste compromisso ou a ele relacionadas serão resolvidas de forma definitiva por arbitragem, administrada pela Câmara de Arbitragem do Mercado instituída pela B3”, informa o documento.

Foto: Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp