Linx pagará multa de R$ 30 milhões à Stone caso não cumpra obrigações com a venda

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Os fundadores da Linx, Nércio Fernandes, Alberto Menache e Alon Dayan, se comprometeram a pagar uma multa compensatória no valor de R$ 30 milhões à Stone caso eles não pratiquem as obrigações necessárias para consumar a aquisição da Linx pela Stone.

Esse e mais outros atos estão previstos no compromisso de voto e assunção de obrigações firmado entre as companhias. O documento foi enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pela Linx na última terça-feira, 18.

Além do mais, o compromisso assegura que a venda da Linx, ou qualquer outra forma de associação, deve ser feita com exclusividade à Stone, sem poder buscar ou iniciar qualquer proposta de terceiros.





“Todas e quaisquer disputas que possam surgir entre as partes em decorrência deste compromisso ou a ele relacionadas serão resolvidas de forma definitiva por arbitragem, administrada pela Câmara de Arbitragem do Mercado instituída pela B3”, informa o documento.

Foto: Divulgação

Leia também:   CCR desembolsa R$ 2,88 bilhões e arremata blocos sul e central no leilão da Infra Week

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp