Oncoclínicas define preço por ação a R$ 19,75 em IPO

Oncoclinicas Divulgacao
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A Oncoclínicas fixou o preço por ação em sua oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) a R$ 19,75, abaixo da faixa estipulada pelos coordenadores da operação, que ia de R$ 22,21 até R$ 30,29.

Dessa forma, a companhia conseguiu levantar R$ 3,6 bilhões no IPO, que consiste tanto na distribuição primária – quando o dinheiro captado vai direto para o caixa da empresa – como secundária, ou seja, quando os atuais acionistas vendem parte ou a totalidade de suas fatias.

Segundo o prospecto enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os acionistas vendedores são os fundos Josephina e Josephina II, do Goldman Sachs.

A empresa pretende utilizar os recursos da oferta primária para:

  • Expansão inorgânica com aquisições futuras (35%)
  • Expansão inorgânica por meio de aquisições que já estão em andamento (40%)
  • Expansão orgânica por projetos de investimento (15%)
  • Recursos para capital de giro (10%)

As ações serão negociadas no Novo Mercado da B3 a partir de 10 de agosto, sob o ticker ONCO3. A liquidação dos papéis ocorre um dia depois.

O Goldman Sachs é o coordenador líder da operação, em conjunto com Itaú BBA, Citi, J.P. Morgan, Santander Brasil, UBS BB e XP Investimentos.

Sobre a Oncoclínicas

Criada em Belo Horizonte (MG) em 2010, a Oncoclínicas se apresenta como um dos maiores grupos de oncologia, radioterapia e hemoterapia da América Latina.

Atualmente, possui mais de 70 unidades, atua em 12 estados do Brasil e conta com mais de 1.500 médicos e 3.600 colaboradores.

Lâmina de IPO

Agora você pode analisar todos os IPOs em andamento na CVM direto pelo TradeMap!

Acesse nosso portal, clique no Módulo de Ações e, em seguida, selecione a aba “IPOs”, que fica na barra superior central da tela.

Por lá, você conseguirá acompanhar todas as atividades relacionadas à oferta pública inicial, como valor da operação, faixa estimada pelos coordenadores, cronograma do IPO e muito mais!

O que é bookbuilding e para que serve?

De um modo resumido, o bookbuilding é o processo utilizado para definir um preço justo para o IPO ou oferta subsequente de ações (follow on), que seja adequado à intenção de compra dos investidores.

Por isso, durante o processo, os coordenadores da oferta estudam e avaliam a demanda de seus ativos no mercado. Assim, eles conseguirão estimar o preço que poderá praticar e a quantidade de ações ou títulos que poderão ser oferecidos. Veja mais detalhes aqui.

Foto: Oncoclínicas/Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Rolar para o topo
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais