Navegue:
Inter levanta valor máximo em follow-on e capital social vai a R$ 8,79 bilhões

Inter levanta valor máximo em follow-on e capital social vai a R$ 8,79 bilhões

Preço dos papéis na negociação saiu 17,5% mais barato e o banco conseguiu arrecadar os R$ 5,5 bilhões pretendidos.

banco inter divulgacao
Por:

Compartilhe:

Por:

O Inter (BIDI11) angariou R$ 5,5 bilhões com sua oferta subsequente de ações, o valor máximo pretendido pelo banco. 

De acordo com comunicado ao mercado desta quinta-feira, 24, as 143.017.604 ações ordinárias e os 142.252.104 papéis preferenciais, incluindo as ações subjacentes às units, ganharam novos titulares no follow-on

Principalmente porque o preço menor dos papéis em relação ao da bolsa atraiu os investidores. O Inter definiu com antecipação que o preço por unit (BIDI11) na operação seria de R$ 57,84. 

Um valor que representa 17,5% de desconto em relação ao fechamento de ontem, quando os papéis estavam cotados em R$ 69,20.

Após a oferta, o novo capital social do Inter passará a ser de R$ 8,797 bilhões, dividido em 1.293.373.691 ações ONs e 1.285.229.952 ações PNs.

Lembrando que a oferta teve a Stone como âncora, investindo R$ 2,5 bilhões no Inter, para deter uma participação de até 4,99% no capital da instituição.

Leia também: Stone vai comprar participação do Banco Inter por R$ 2,5 bilhões

De acordo com o banco digital da família Menin, os recursos captados serão utilizados para o lançamento de novos produtos, de forma orgânica ou via aquisições estratégicas.  

O Inter também pretende aproveitar a entrada da Stone para explorar oportunidades em conjunto com a empresa de meios de pagamentos.

De janeiro até hoje, as units do Inter na bolsa de valores já valorizaram 111,44%. Em 04 de janeiro, os papéis valiam R$ 32,12, enquanto hoje estão cotados em R$ 69,60. 

→ Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap Web. 

Compartilhe: