Navegue:
BB Seguridade (BBSE3) ganha moral com o Bank of America e ação dispara na Bolsa

BB Seguridade (BBSE3) ganha moral com o Bank of America e ação dispara na Bolsa

A estimativa para o preço-alvo da companhia foi elevada de R$ 30 para R$ 33

Foto de celular com logo da BB Seguridade

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

A BB Seguridade — holding dos negócios de seguros do Banco do Brasil — passou a receber olhares ainda mais otimistas por parte dos analistas de investimentos do Bank of America.

Após o banco americano se reunir com o CFO da holding, Rafael Sperendio, as previsões para os resultados da companhia foram revisadas para cima, assim como a estimativa de preço-alvo para o valor da ação.

Segundo relatório distribuído nesta quinta-feira (14) pelo Bank of America e assinado pelos analistas Mario Pierry e Antonio Ruette, o preço-alvo para a BB Seguridade passou de R$ 30 para R$ 33, com recomendação de compra reiterada. A valorização potencial é de 25%.

No embalo do otimismo do Bank of America, a ação da BB Seguridade dispara no pregão na Bolsa. Por volta das 13h40, era negociada em alta de 4,47%, a R$ 26,43, na segunda maior alta do dia, atrás apenas de Magazine Luiza, que tem avanço de 7,77%.

As novas estimativas do Bank of America para o lucro líquido da holding de seguros do BB foram revisadas em 4% e 6% para 2022 e 2023, respectivamente. Com isso, a companhia deve registrar um resultado líquido positivo de R$ 5,5 bilhões neste ano, um avanço de 39% em relação a 2021, e de R$ 6,2 bilhões em 2023, expansão de 13% em comparação ao estimado para 2022.

Segundo os analistas, as estimativas para o lucro foram melhoradas porque há uma expectativa maior de expansão na receitas com prêmios, suportada principalmente pelo produto de seguro rural. Além disso, considera o BofA, deve haver uma menor taxa de sinistros e resultados financeiros mais fortes, em meio ao aumento da Selic.

⇨ Acompanhe as notícias de mais de 30 sites jornalísticos de graça! Inscreva-se no TradeMap!

A visão do mercado sobre a BB Seguridade, no entanto, não é unânime. De acordo com coleta de projeções feita pela Refinitiv e apresentada na plataforma do TradeMap, 10 das 14 casas consultadas recomendam a compra do papel, enquanto as outras quatro têm uma posição neutra.

As estimativas colhidas para o preço-alvo apontam para uma mediana de R$ 30, valorização potencial de 13,72%.

Fonte: TradeMap/Refinitiv

Compartilhe: