Navegue:
B3 anuncia listagem de índices europeus Euro Stoxx 50 e DAX em dezembro

B3 anuncia listagem de índices europeus Euro Stoxx 50 e DAX em dezembro

Investidor terá acesso a contratos futuros; índices serão negociados em euros, mas compensados em reais

B3 foto de Rafael Von Zuben

Foto: Rafael Von Zuben/B3

Por:

Compartilhe:

Por:

Em parceria com a provedora global de índices Qontigo, a B3 comunicou na manhã desta quarta-feira, 3, a listagem de dois dos principais índices europeus como contratos futuros na bolsa brasileira.

“O Euro Stoxx 50 Index e o DAX Index serão os ativos-objetos dos derivativos de índice de ações, e esta será a primeira vez que estes índices estarão disponíveis para os investidores brasileiros”, destacou a companhia, em nota à imprensa.

Segundo a B3, os índices serão negociados em euros, mas compensados em reais. Assim, investidores registrados no Brasil poderão acessar os principais índices por meio do mercado local e sem riscos cambiais.

Os contratos futuros baseados nos dois índices serão lançados em dezembro. Os tamanhos dos contratos serão equivalentes ao valor do Euro Stoxx 50 Index multiplicado pelo valor em euros de cada ponto – sendo que cada ponto equivale a 10 euros – e o valor do DAX Index será multiplicado pelo valor em euros de cada ponto, que por sua vez equivale a cinco euros.

A data de vencimento será sempre na terceira sexta-feira dos meses de março, junho, setembro e dezembro.

Índices

O Euro Stoxx 50 é o principal índice blue chip europeu, com representação relevante de empresas de grande porte da região.

O índice engloba 50 ações de oito países da zona do euro: Bélgica, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Países Baixos e Espanha.

O DAX, por sua vez, acompanha o desempenho das 40 maiores empresas listadas no mercado regulado da Frankfurt Stock Exchange que cumprem certos requisitos mínimos de qualidade e rentabilidade. A seleção é baseada na capitalização de mercado ajustada ao free float (percentual de ações em livre circulação no mercado).

“A chegada desses produtos ocorre num momento em que a bolsa de valores brasileira registra um aumento significativo no número de investidores individuais, para mais de quatro milhões”, afirmou Claudio Jacob, diretor de desenvolvimento mercados e de clientes da B3, em nota.

Compartilhe: