Aura Minerals (AURA33) anuncia pagamento de dividendos e recompra de BDRs

Montante será pago em 15 de dezembro para detentores de ações negociadas na Bolsa de Toronto

aura divulgacao

Foto: Aura

Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A Aura Minerals, produtora de ouro e cobre com sede no Canadá, anunciou na quarta-feira (1º) que o conselho de administração da companhia aprovou o pagamento de dividendos no valor de US$ 0,35 por ação ordinária, o que equivale ao total de aproximadamente US$ 25,4 milhões.

Segundo a companhia, o provento é baseado nos resultados financeiros esperados da Aura para o exercício social findo em dezembro deste ano.

De acordo com a política de dividendos da empresa, o provento anual corresponde a 20% do Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado de 12 meses menos despesas de capital de manutenção e de capital de exploração.

O valor será pago em 15 de dezembro para os acionistas com base acionária até o dia 9 deste mês na Bolsa de Valores de Toronto (TSX), no Canadá.

A companhia estima que os detentores de BDRs (Brazilian Depositary Receipts) recebam o pagamento até o dia 23 de dezembro. A data de corte é a mesma das ações negociadas no exterior.

Recompra de papéis

A Aura também comunicou que a TSX aceitou a intenção da empresa para lançar um programa de recompra de ações (NCIB, na sigla em inglês) no Canadá. A companhia estenderá, simultaneamente, o programa para os BDRs. Com isso, poderá recomprar até 2,677 milhões de papéis ordinários nos próximos 12 meses, o que representa 10% das ações em circulação no mercado.

Quanto aos recibos, a Aura pretende adquirir o mesmo montante, já que cada BDR equivale a uma ação ON.

Em nota, a empresa afirmou que o programa de recompra de BDRs não tem por objetivo encerrar as negociações dos certificados da companhia na B3 nem cancelar o registro da Aura na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) como emissor estrangeiro.

Por volta das 11h50, os papéis AURA33 subiam 3,02%, negociados a R$ 44,30. Em um ano, acumulam queda de quase 18% na B3. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Rolar para o topo
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais