Após humor amargo do mercado, Nubank (NUBR33) reduz valor de IPO

Com mudança na faixa de preço, fintech pode chegar à NYSE valendo US$ 40 bilhões

Após precificação no topo da faixa indicativa, o Nubank (NUBR33) estreou em alta na Bolsa de Valores de Nova York.

Foto: Nubank/Divulgação

Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

O Nubank fez algumas alterações em seu prospecto preliminar nesta terça-feira, 30, referentes à oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) nos Estados Unidos.

A famosa fintech confirmou a redução do intervalo de preço das ações para US$ 8 a US$ 9 por papel. A faixa indicativa inicial estava entre US$ 10 e US$ 11, o que representa um corte de 20%. Em relação aos BDRs (Brazilian Depositary Receipts), o banco estima que o preço por recibo ficará entre R$ 7,45 e R$ 8,38.

Dessa forma, o Nubank pode movimentar cerca de US$ 2,6 bilhões, considerando o topo da faixa estimativa e com a emissão de 289,2 milhões de ações. Caso isso aconteça, a empresa deve chegar à NYSE (NU) valendo US$ 40 bilhões, cifra um pouco abaixo da pretendida inicialmente pelo banco, de US$ 50 bilhões.

A IPO já conta com ancoragem da Sequoia, Tiger, Softbank, Dragoneer, Baillie Gifford, Sands Capital, Invesco e fundos do Morgan Stanley e J.P. Morgan. Segundo o roxinho, o grupo seleto indicou interesse de adquirir um valor agregado de US$ 1,3 bilhão – ou R$ 7,3 bilhões.

Os BDRs vão ser negociados na B3 a partir do dia 9 de dezembro sob o ticker “NUBR33”.

→ Leia também: Aquecendo motores para IPO, Nubank amplia escopo com Olivia e prepara terreno para open banking

Amargou?

Grande parte do mercado avalia a oferta do Nubank como “cara”. Para Danielle Lopes, analista da Nord Research, o preço da IPO está salgado pela falta de crescimento de lucro da companhia.

Ela comenta que, com o histórico de prejuízo e perfil de tech (balanço mais leve), a forma mais “ortodoxa” de avaliar Nubank é por meio de um crescimento projetado.

Com um valor de mercado (projeção inicial) de R$ 50 bilhões e um P/L (preço/lucro) histórico da bolsa de 15 vezes, a companhia precisaria entregar um lucro de US$ 3,3 bilhões para negociar em um múltiplo em linha com a média histórica da B3.

“Para atingir esse lucro bilionário, o banco precisaria lucrar 260 vezes a mais do que o lucro reportado no primeiro semestre de 2021, considerando um dólar médio de R$ 6”, pontua Lopes.

Por conta disso, a analista recomenda não participar do IPO e prefere investir em XP e BTG no setor entre os “bancos novos”.

Além disso, a agência de notícias Bloomberg diz que a alteração de preço da oferta também está associada à forte queda das empresas de tecnologia no mercado americano.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Rolar para o topo

Não perca essa oportunidade!

Baixe o nosso App!

O maior hub do mercado financeiro
na palma da sua mão!

Curso grátis que te ensina de forma simples sobre o mercado futuro

Banner share midias site curso winfut clear trademap

Cadastre-se agora no curso que vai te ensinar tudo sobre mercado futuro!

Banner share midias site curso winfut clear trademap