Navegue:
Pedidos de seguro-desemprego nos EUA sobem acima do previsto, aponta Departamento do Trabalho

Pedidos de seguro-desemprego nos EUA sobem acima do previsto, aponta Departamento do Trabalho

O resultado ficou acima das projeções dos economistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam 320 mil solicitações

EUA Unsplash

Foto: Unsplash

Por:

Compartilhe:

Por:

O número de pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos subiu para 351 mil na semana encerrada em 18 de setembro, o que representa um crescimento de 16 mil casos em relação à leitura revisada anterior. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 23, pelo Departamento do Trabalho do país.

O resultado ficou acima das projeções dos economistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam 320 mil solicitações no período reportado.

O órgão americano informou que o número da semana imediatamente anterior ainda foi revisado para cima, passando de 332 mil para 335 mil pedidos.

Em relação à média móvel de quatro semanas, houve uma diminuição, para 335.750 pedidos, ante os 336.500 da semana anterior.

Já o número de pedidos continuados, que são os benefícios pagos a trabalhadores desempregados por duas semanas ou mais, teve uma queda de 856,4 mil, a 11,25 milhões. Vale pontuar que estes dados têm uma defasagem e se referem à semana encerrada em 4 de setembro.

Compartilhe: