Navegue:
Setor privado dos EUA cria 742 mil empregos em abril

Setor privado dos EUA cria 742 mil empregos em abril

Empresas de lazer e hotelaria lideraram as contratações no período, seguidas por comércio e transporte.

EUA - Reprodução

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

O setor privado dos Estados Unidos gerou 742 mil novos postos de trabalho no mês passado, de acordo com o Relatório Nacional de Emprego da ADP, divulgado nesta quarta-feira, 05. Com isso, abril foi o mês em que o país norte-americano viu mais contratações em sete meses. 

Embora sejam dados animadores, os números vieram abaixo do esperado por analistas. A pesquisa da Bloomberg com economistas previa um aumento de 850 mil postos de trabalho em comparação com março. 

Por falar em março, os dados deste mês passaram por revisão: os 517 mil empregos relatados anteriormente subiram para 565 mil. 

O relatório da ADP também indicou quais setores tiveram mais destaque em suas contratações. A liderança ficou com as empresas de lazer e hotelaria, onde os empregos aumentaram em 237 mil, maior ganho desde junho do ano passado. 

As folhas de pagamento de comércio e transporte também se saíram bem em abril, com aumento de 155 mil no mês.

As grandes empresas americanas criaram a maior parte dos postos de trabalho, seguidas por empresas com menos de 50 funcionários.

Os dados da ADP antecedem os números do relatório mensal de empregos (payroll) do Departamento de Trabalho dos Estados Unidos, com divulgação prevista para sexta-feira, 07. A expectativa dos analistas é de que a economia norte-americana tenha criado quase um milhão de empregos no mês de abril. 

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp