Navegue:
Produção industrial da zona do euro reduz ritmo de queda em setembro

Produção industrial da zona do euro reduz ritmo de queda em setembro

Índice está abaixo do que era observado antes da pandemia de covid-19

garde prefere ações europeias
Por:

Compartilhe:

Por:

A produção industrial da zona do euro reduziu o ritmo de contração em setembro, encolhendo 0,2% em relação ao mês anterior, quando caiu 1,7%, de acordo com dados divulgados pela agência de estatísticas europeia, a Eurostat. A leitura sugere que a recuperação do setor pode estar ganhando força no bloco monetário, mesmo em meio às dificuldades das indústrias para obter insumos e lidar com o aumento no custo das matérias-primas.

Na comparação com setembro de 2020, a produção industrial do bloco aumentou 5,2%, expansão mais acelerada que a observada em agosto ante igual mês do ano passado, de 4,9%.

Na comparação mensal, a produção de bens de capital da zona do euro caiu 0,7%, enquanto a de bens intermediários recuou 0,2%. A produção de energia permaneceu estável, a de bens duráveis cresceu 0,5% e a de bens não duráveis, 1,0%.

Em relação a setembro do ano passado, a produção de bens não duráveis aumentou 8,5%, a de bens de capital subiu 5,9%, a de bens intermediários avançou 5,0% e a de bens duráveis cresceu 1,1%. A produção de energia ficou estável.

Compartilhe:

Compartilhe: