Navegue:
XP Inc. (XPBR31) compra Banco Modal (MODL11) por meio de troca de ações; confira

XP Inc. (XPBR31) compra Banco Modal (MODL11) por meio de troca de ações; confira

Operação começou a ser desenhada no início de dezembro, quando a liderança sênior da XP abordou os sócios do Modal

Logo da XP Investimentos

Foto: XP/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A XP Inc. anunciou na manhã desta sexta-feira, 7, a compra da totalidade do Banco Modal por meio de 19,5 milhões de novas ações classe A ou BDRs (Brazilian Depositary Receipts) da XP – o que representa um prêmio de 35% sobre o preço médio dos últimos 30 dias do Modal.

Em nota enviada à SEC, a comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos, a corretora disse que ambas as empresas concordaram em implementar a transação a partir de uma reorganização societária que resultará na incorporação, por meio de uma subsidiária da XP, de até 100% do Banco Modal.

Caso o banco não obtenha as aprovações necessárias, incluindo o aval dos acionistas minoritários, a XP Inc. incorporará 55,7% do capital social do Modal detido pelos controladores.

“Dada a sobreposição imaterial entre clientes da XP e do Banco Modal, esperamos que sinergias de receitas e melhorias na experiência do cliente sejam capturadas. Além disso, com maior escala e pricing power, esperamos continuar beneficiando nossos clientes através da redução de preços”, comenta, em nota, Bruno Constantino, diretor- vice-presidente financeiro (CFO) da corretora.

O acordo ocorre em um momento em que o valor de mercado das companhias está “deprimido” em reflexo do ceticismo generalizado em relação ao Brasil. Segundo o Brazil Journal, a operação começou a ser desenhada no início de dezembro, quando a liderança sênior da XP abordou os sócios do Modal. 

Na quinta-feira, 6, as units do Modal (MODL11) encerraram em queda de 7,02%, a R$ 8,35 – sua mínima histórica. Vale lembrar que, em sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), em abril de 2021, o banco precificou seus papéis a R$ 20,00. Ou seja, o valor atual representa uma queda de 58,2% em relação à data de lançamento das ações. 

Já os BDRs da XP (XPBR31) fecharam o pregão de ontem em leve alta de 0,31%, a R$ 153,98. As ações negociadas na Nasdaq (XP), por sua vez, ficaram estáveis, com avanço de apenas 0,01%, a US$ 27,09. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap.

Estrutura da operação

Conforme o memorando, as companhias concordaram que a integração das atividades será implementada por meio da incorporação da totalidade das ações do Modal pela XP Brasil, com a atribuição, aos acionistas da companhia, de ações preferenciais mandatoriamente resgatáveis de emissão da XP Brasil.

O documento também especifica que o resgate da totalidade dessas novas ações ocorrerá mediante a entrega de ativos classe A de emissão da XP Inc., negociadas na Nasdaq, em substituição aos papéis de emissão do Banco Modal detidas pelo Modal Controle, e certificados de depósito (BDRs) da XP Inc., lastreados em quantidade de ações classe A da XP.

Com o resgate das ações, os acionistas do Modal receberão uma quantidade total de 19,5 milhões de ativos classe A da XP Inc. (ou BDRs lastreados). O acordo atribui uma quantidade de ações e BDRs equivalentes a 3,49% do capital social da XP Inc.

De acordo com o Modal, independente da aprovação da incorporação, a companhia convocará uma assembleia geral para deliberar sobre a conversão da totalidade das ações preferenciais em papéis ordinários, inclusive dos ativos agrupados em forma de units. Cada ação preferencial será convertida em um papel ordinário. Além disso, o banco também deliberará sobre a migração da empresa do segmento de listagem Nível 2 para o Novo Mercado da B3.

Compartilhe: