Navegue:
Cesp cria comitê especial para negociar incorporação das ações pela VTRM Energia, da Votorantim

Cesp cria comitê especial para negociar incorporação das ações pela VTRM Energia, da Votorantim

Glaisy Peres Domingues, Felipe Dutra Cançado e Fernando Fontes Iunes foram escolhidos para compor o grupo

Energia eletrica Unsplash

Foto: Unsplash

Por:

Compartilhe:

Por:

O conselho de administração da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) aprovou a criação de um comitê especial para negociar a operação de reorganização societária proposta pela Votorantim e pelo fundo canadense CPP Investments, braço de investimentos do CPPIB, em relação à incorporação da companhia pela VTRM Energia.

No início desta semana, a Votorantim e o CPP Investments anunciaram a criação de uma companhia elétrica avaliada em R$ 17 bilhões em valor de mercado, como aponta o jornal Valor Econômico. Com a operação, a VTRM pretende incluir os negócios da Votorantim Energia, da Cesp de outros ativos que ambas as partes possuem em conjunto.

Em nota enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na quinta-feira, 21, a Cesp disse que já foram escolhidos três pessoas para a composição do comitê: Glaisy Peres Domingues, Felipe Dutra Cançado e Fernando Fontes Iunes.

Domingues é graduada em ciências contábeis pela Universidade Federal Fluminense (UFF), com MBA em direito da economia e da empresa pela FGV e em finanças, pelo Insper. A executiva trabalha há 17 anos no Grupo Votorantim.

Cançado tem graduação em engenharia de produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e é sócio-fundador da Squadra Investimentos, empresa de gestão independente.

Já Iunes possui mestrado e doutorado pela Universidade de Londres e é um dos sócios-fundadores da EB Capital, gestora de private equity, além de ser membro dos conselhos da Gerdau, Metalúrgica Gerdau, M. Dias Branco e do Banco ABC Brasil.

Por volta das 11h15, as ações ordinárias (CESP3) e PNB (CESP6) da Cesp caíam 1,76% e 1,75%, respectivamente, negociadas a R$ 23,50 e R$ 24,14. No mesmo horário, o Ibovespa desabava 2,13%, aos 105.443 pontos. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap.

Compartilhe: