Navegue:
Contas de luz devem aumentar pelo menos 5% em 2022

Contas de luz devem aumentar pelo menos 5% em 2022

Segundo o diretor-geral da Aneel, as bandeiras tarifárias serão reajustadas em mais de 20%

Por:

Compartilhe:

Por:

O reajuste dos valores cobrados pelas bandeiras tarifárias irá superar 20%, enquanto a projeção para as contas de luz é de crescimento de pelo menos 5% em 2022, de acordo com o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone. 

Com o recuo da geração de energia pelas hidrelétricas, a frequência com que as termoelétricas, que são mais caras, são acionadas aumentou, resultando no aumento dos preços da energia. 

Hoje, as contas de luz marcam a bandeira vermelha Patamar 2, que representa um aumento de R$ 6,243 cada 100 kilowatt-hora (kWh) consumidos.  

Em audiência pública virtual da Câmara dos Deputados, o diretor informou que o novo valor da bandeira vermelha Patamar 2 deverá superar a estimativa de R$ 7 que havia sido apresentada 

“Posso antecipar que será bem maior do que os R$ 6,24”, afirmou. 

De acordo com Pepitonejá foi sorteado pela Aneel um diretor para relatar a atualização dos valores da bandeira amarela, de R$ 1,343/100KWhe da bandeira vermelha Patamar 1, de R$ 4,169/100KWhe Patamar 2.  

Vale destacar que, segundo André, o reajuste de 20% vai impactar apenas as bandeiras, e não o valor total das faturas.  

“Não é a tarifa que vai subir 20%. Nós estamos conseguimos fazer com que os aumentos que estão ocorrendo neste ano fiquem na casa de 7%, 7,5%”, disse. 

A calibragem dos valores irá sinalizar melhor os consumidores sobre o aumento do custo da energia e aliviará o caixa das distribuidoras, que não terão necessidade de arcar com a despesa até que aconteçam os reajustes tarifários do próximo ano. 

Foto: Getty Images

Compartilhe: