Trisul (TRIS3) aprova oferta pública de distribuição primária

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O conselho administrativo da construtora Trisul (TRIS3) aprovou a realização de uma oferta pública de distribuição primária com esforços restritos de ações ordinárias. De acordo com o fato relevante, a operação consistirá de, inicialmente, 30 milhões de ativos ON, mas pode ser acrescida em até 35%, ou seja, 10.500.000 papéis.

Segundo o cronograma, o encerramento do bookbuilding e fixação do preço por ação estão previstos para o dia 12 de setembro. Se considerarmos a cotação de fechamento do dia 30 de agosto, de R$ 11,25, a oferta pode movimentar cerca de R$ 455,6 milhões. A companhia frisa ainda que os atuais acionistas não terão preferência.

“A companhia pretende utilizar os recursos líquidos provenientes da oferta para promover o crescimento das operações e investimento em novos empreendimentos, incluindo a aquisição de novos terrenos pela companhia ou por meio de suas subsidiárias”, informa em nota a Trisul.





Leia também:   Santos Brasil desembolsa R$ 157,3 milhões e arremata 3 de 5 áreas de portos na Infra Week

O coordenador líder será o Banco BTG Pactual, em conjunto com o Bradesco BBI e a Caixa Econômica Federal. O início das negociações na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) está previsto para o dia 16 de setembro, como revela o informe publicado pela companhia.

Para acompanhar os papéis da Trisul e outras empresas, acesse o TradeMap e veja tudo em tempo real.

Ainda não conhece o TradeMap?
O mercado financeiro no seu bolso! Grátis e em tempo real!
Baixe agora mesmo
O que é bookbuilding?

De um modo resumido, o bookbuilding é o processo em que o coordenador da oferta estuda e avalia, em conjunto com os investidores, como seria a demanda de seus ativos no mercado. Dessa forma, a empresa que pretende abrir capital ou fazer novas ofertas deve saber qual a intenção de compra dos acionistas e chegar a um preço razoável para o IPO ou oferta secundária. Leia mais clicando aqui.

Leia também:   Mercado sobe projeção para IPCA em 2022, revela Boletim Focus

Foto: Divulgação.

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp