Produção industrial recua 1,2% em novembro, diz IBGE

Produção industrial, foto de Lalo de Almeida - Folhapress

A produção industrial no Brasil recuou 1,2% em novembro no comparativo com outubro, quebrando a sequência de altas dos três meses anteriores. De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal, divulgada nesta quinta-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é o pior resultado para o mês desde 2015, quando os dados caíram 1,9%.

Leia também: IBGE: produção industrial cresce 0,8% em outubro

Segundo o IBGE, de janeiro a novembro de 2019, o indicador acumulou queda de 1,1%, enquanto em 12 meses houve recuo de 1,3%.

“A queda verificada em novembro eliminou uma parte importante do crescimento atingido nos meses anteriores, sendo que 16 categorias, dentre as 26 avaliadas, tiveram queda”, disse o gerente da pesquisa, André Macedo.

O resultado aponta que o segmento de veículos automotores, reboques e carrocerias foi uma das principais influências negativas, atingindo -4,4%. O grupo de produtos alimentícios também enfrentou uma queda forte (-3,3%), eliminando quase toda expansão reportada no mês anterior (3,6%).

“O crescimento vinha sendo alavancado pelo aumento nas exportações de carne e da produção de açúcar. A carne continua em expansão, mas o açúcar tem uma volatilidade maior, tanto por conta de condições climáticas quanto em função da demanda por etanol, que também é produto da cana-de-açúcar”, informou Macedo.

Foto: Lalo de Almeida/Folhapress

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp

Assine a nossa Newsletter!