Guedes joga a toalha, alta do minério e tudo o que você precisa saber para investir hoje

ETF brasileiro negociado em Nova York já cai mais de 4% antes da abertura dos negócios

Marcos Correa PR Fotos Publicas min
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

O mercado estava quase fechando nesta quarta-feira, 20, quando, em participação em evento, o ministro Paulo Guedes, que vinha sendo apontado como o último guardião em defesa de um Auxílio Brasil menor, confirmou que o governo pagará no ano que vem os R$ 400 defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro.

Guedes pediu um “waiver“, uma espécie de licença para gastar R$ 30 bilhões fora do teto de gastos, recursos que seriam usados para pagar o benefício ao longo de 2022. Foi a senha para a Bolsa reduzir os ganhos, o dólar diminuir a queda e os juros futuros dispararem. No after market (ou seja, o pregão estendido), o Ibovespa chegou a perder os 110 mil pontos e o dia já aponta para forte queda na abertura da Bolsa.

O EWZ, principal ETF dos ADRs brasileiros, caía mais de 4% nesta manhã, por volta das 9h20, na pré-abertura do mercado americano. 

O desenrolar das condições de implementação do novo Bolsa Família, que começará a ser pago em novembro, volta a influenciar o comportamento do mercado brasileira nesta quinta, 21. O que está em jogo não é pouca coisa: o teto de gastos, que limita as despesas à inflação do ano anterior, é a âncora fiscal do país, e desrespeitá-lo é abrir a porteira para a irresponsabilidade fiscal.

Os investidores ainda acompanharão a divulgação de dados atualizados do número de pedidos de auxílio desemprego nos Estados Unidos – um dos termômetros de como anda a atividade na maior economia do mundo.

Auxílio Brasil e PEC dos precatórios

No final da tarde de ontem, quando admitiu o pagamento dos R$ 400, Guedes afirmou que a decisão é política, não técnica. De acordo com o ministro, a prorrogação dos precatórios previstos para 2022 e a reforma do Imposto de Renda – que está travada no Senado – dariam embasamento técnico a um novo valor de R$ 300. Atualmente, o Bolsa Família paga, em média, R$ 190.

Leia também:   Desmatamento afeta reputação do país e crédito de empresas brasileiras, afirma Moody’s

“Qualquer que seja a decisão, será do ponto de vista político. A resposta técnica ao desafio é R$ 300, mas quem tem voto é a política. Não vai ser nem a primeira nem a última vez que a economia é um olhar técnico dentro de um cenário político”, afirmou, apontando, quase resignado, que prevaleceu a posição do presidente Jair Bolsonaro.

O governo ainda avalia de onde virão os recursos para o pagamento de um auxílio maior. A resposta pode vir nesta quinta, quando está marcada nova reunião da comissão especial da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos precatórios – nos últimos dois dias, essa votação do texto foi adiada para ajustes do relator Hugo Motta.

Por que isso pode mexer com o mercado? O governo Bolsonaro, e agora o próprio ministro da Economia, vem dando todos os sinais de que não se comprometerá com o teto de gastos no ano que vem, o que tira a credibilidade do mecanismo. 

A própria aprovação da PEC dos precatórios, que empurra para o futuro o pagamento de uma parte importante dessas dívidas, já era vista como uma forma de driblar o teto em ano eleitoral. Agora, com a defesa de se ampliar ainda mais o pagamento do valor do Auxílio Brasil, a avaliação é que o governo vem perdendo todos os pudores em se mostrar comprometido com o fiscal. 

Isso tende a elevar as taxas futuras de juros, com impacto negativo especialmente sobre ações de empresas ligadas ao consumo, além de pressionar o dólar e as projeções de crescimento do país lá na frente.

Leia também:   Alta do IGP-M perde força, mas consumidor só sentirá efeito em 2022

Que horas pode sair alguma definição? Investidores prestarão atenção a eventuais declarações do presidente Bolsonaro, do ministro Guedes e de congressistas. Além disso, a comissão especial da PEC dos precatórios se reúne às 14h30 para avaliar o texto. 

Minério de ferro e Evergrande 

As cotações do minério de ferro estão em queda nesta quinta, em um movimento que deve ter impacto sobre a Bolsa brasileira. A queda está relacionada a novas preocupações com a capacidade de pagamento da incorporadora chinesa Evergrande e aos impactos do alto custo da energia sobre a inflação e ao crescimento global.

Por que isso mexe com o mercado? Variações na cotação do minério de ferro afetam diretamente a Vale, empresa com maior peso no Ibovespa.

Auxílio emergencial nos Estados Unidos

Em um momento de preocupações com a atividade econômica global, o mercado também fica de olho na divulgação dos números mais recentes de pedidos de auxílio desemprego nos Estados Unidos. Além disso, serão acompanhados os dados sobre vendas de moradias usadas no país.

Por que isso pode influenciar o mercado? Dados sobre a atividade econômica nos EUA acabam refletindo nas perspectivas para a política monetária do país, já que o Fed (o banco central americano) mira no controle da inflação mas também no emprego. 

Declarações e documentos recentes do banco central dos Estados Unidos apontam que, a partir do próximo mês, a instituição começará a reduzir incentivos como compras de títulos. Juros mais altos nos EUA tendem a retirar recursos de países emergentes como o Brasil, afetando o mercado de juros e o dólar, além da própria Bolsa.

Que horas esses dados serão divulgados? O número de pedidos de auxílio desemprego será divulgado às 9h30 e a quantidade de moradias usadas vendidas em setembro sai às 11h. 

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais

Não vá ainda...

Baixe o nosso App!

O maior hub do mercado financeiro
na palma da sua mão!

Popup out planos