Via: Diretor de RI pagará R$ 750 mil à CVM por divulgação de informação relevante no Twitter

Na época, a empresa havia compartilhado dados operacionais referentes ao crescimento nas vendas online da companhia por meio do perfil oficial da varejista

Casas Bahia divulgacao

Foto: Via/Divulgação

Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aceitou um acordo no valor de R$ 720 mil com o diretor de relações com investidores (DRI) da Via, Orivaldo Padilha, para que um processo administrativo iniciado em 2020 seja encerrado.

Na época, a empresa havia compartilhado dados operacionais referentes ao crescimento nas vendas online da companhia por meio do Twitter oficial da varejista, dona das Casas Bahia e Ponto. O post foi feito às 9h47 do dia 20 de julho de 2020 e excluído às 12h55.

Apesar de o tweet ter sido apagado logo na sequência, a CVM aponta que um veículo publicou uma notícia sobre a remoção da mensagem, relacionando a mesma ao “pico histórico” na cotação das ações na B3. Naquele dia, os papéis da varejista subiram 7,35%, a R$ 21,17.

Leia também:   Governo prevê crescimento acima de 2% no PIB de 2023, mas mercado espera menos de 1%

Segundo comunicado divulgado ao mercado na ocasião como resposta a um ofício da CVM, a Via afirmou que as
mensagens “foram indevidamente divulgadas pela área de comunicação da companhia, contrariamente à sua prática e política de divulgação”; a publicação “foi retirada do ar”, às 12h55, tão logo percebida pela diretoria de relações com investidores; a administração da companhia “buscou verificar a veracidade, precisão e consistência das informações divulgadas, bem como preparar um fato relevante”; as informações se referiam ao “grupo de produtos considerados ‘best sellers’ e não à categoria de produtos como um todo”, e mais detalhes acerca das informações constariam em fato relevante e, por fim, que os controles internos passariam por aprimoramentos.

Leia também:   Taxas dos títulos do Tesouro Direto indexados à inflação sobem com aversão a risco no exterior e preocupação com fiscal

Padilha foi responsabilizado por não ter divulgado tempestivamente fato relevante no âmbito de um Processo Administrativo Sancionador (PAS) instaurado pela Superintendência de Relações com Empresas (SEP) da CVM.

Nesta quarta-feira, 29, as ações da Via (VIIA3) registram alta. Por volta das 15h10, os papéis subiam 1,52%, negociados a R$ 8,02. Já em um ano, os ativos acumulam queda de mais de 50%. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

BLACK

WEEK

tag
Dias
Horas
Min.
Seg.