Movida anuncia oferta subsequente de ações

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A empresa de aluguel de veículo Movida (MOVI3) informou no dia 12, via fato relevante, que pretende fazer uma oferta pública de distribuição primária e secundária de, inicialmente, 48.500.000 ações ordinárias. De acordo com a Reuters, a companhia está em contato com assessores financeiros para definir a operação.

A Movida não revelou o valor da eventual operação, mas o Estadão divulgou na última sexta-feira que a oferta pode movimentar cerca de R$ 500 milhões.





Segundo o informe, a oferta consistirá na distribuição primária de 35.500.000 de ações emitidas pela própria companhia, mais a emissão secundária de 13 milhões de ativos ON da JSL, controladora de, atualmente, 70,1% da Movida. O procedimento de Bookbuilding começa hoje e vai até o dia 27 de julho.

Leia também:   Privalia decide adiar seu IPO na Bolsa

O BTG Pactual será o coordenador líder, em conjunto com o Itaú BBA, J.P. Morgan, XP Investimentos, BB Investimentos, Bradesco BBI e do Banco Santander.

No último pregão, às 16h05, o anúncio fez com que as ações da Localiza, maior concorrente da Movida, caíssem 2,09%, a 42,21 reais.

O que é bookbuilding?

Bookbuilding é o processo em que o coordenador da oferta estuda e avalia, em conjunto com os investidores, como seria a demanda de seus ativos no mercado. Dessa forma, a empresa que pretende abrir capital deve saber qual a intenção de compra dos acionistas e chegar a um preço razoável para o IPO ou oferta secundária. Leia mais clicando aqui.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp