IRB Brasil lucra R$ 50,8 milhões no 1º tri; alta de 45%

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A resseguradora IRB Brasil (IRBR3) registrou lucro líquido contábil de R$ 50,8 milhões no primeiro trimestre de 2021, uma alta de 44,9% em relação ao lucro de R$ 35,1 milhões do mesmo período do ano passado, de acordo com relatório corporativo divulgado na quinta-feira, 13. 

De acordo com a empresa, o lucro sofreu com impactos negativos de negócios descontinuados (run-off), que somaram R$ 11,5 milhões; e efeitos não recorrentes (one-offs) nas despesas administrativas, de R$ 18,2 milhões. Excluindo esses efeitos, a IRB Brasil teria apresentado um lucro líquido recorrente de R$ 80,5 milhões.





No mesmo período, os prêmios emitidos pela IRB somaram R$ 1,93 bilhão, uma queda de 3,3% na comparação anual. Os prêmios retidos também diminuíram no trimestre, em 10,2%, somando R$ 1,53 bilhão, enquanto o prêmio ganho foi pelo mesmo caminho e caiu 3% em um ano, para R$ 1,45 bilhão.

Por outro lado, a sinistralidade apresentou números mais animadores. No primeiro trimestre, teve uma redução de 4,4 pontos percentuais, frente ao mesmo período do ano anterior, passando de 76,5% para 72,1%. 

Excluindo os efeitos dos negócios descontinuados, a sinistralidade do trimestre ficaria em 69,6%, com uma redução maior de 6,9 pontos.

Para a IRB, essa queda é reflexo da redução no componente de Provisões de Sinistros a Liquidar (PSL), que se refere aos avisos de sinistros que a companhia recebeu no período, e que apresentou queda de 11,5% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

→ Para saber mais detalhes sobre o resultado da companhia, acesse o TradeMap Web e veja a Lâmina de Empresa da IRBR3.





Leia também:   Petrobras conclui venda de participação do campo de Dó-Ré-Mi por US$ 37,6 mil

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp