EUA podem renovar isenção tarifária para produtos da China; Brexit em pauta

trump xi jinping

Após os Estados Unidos isentarem tarifas para US$ 34 bilhões em importações de produtos chineses impostas por Washington em julho de 2018, agora os norte-americanos pensam em renovar essas exclusões tarifárias como parte do acordo comercial. As informações são do Escritório do Representante Comercial dos EUA – USTR, na sigla inglesa.

De acordo com informações da Agência Estado, a isenção ocorreu em dezembro do ano passado, totalizando US$ 34 bilhões em produtos chineses. No entanto, a exclusão de tarifas vence no final de 2019.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse ontem que espera assinar parte do acordo comercial com a China antes do previsto, apesar de não dar mais detalhes sobre o cronograma.

“Provavelmente ficaremos adiantados para assinar uma parte muito grande do acordo com a China, vamos chamar de Fase Um, mas é uma parcela muito grande”, disse Trump a repórteres.

Apesar de uma fala mais otimista por parte dos EUA, a China acusou a maior economia do mundo de “comportamento de intimidação econômica”. A afirmação ocorreu após reguladores norte-americanos citarem ameaças à segurança ao propor corte de financiamento para equipamentos chineses em redes de telecomunicações.

“[Pequim] se oporia de forma resoluta ao abuso de poder pelos EUA ao excluir empresas chinesas específicas com acusações indevidas na ausência de provas”, informou o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China, Geng Shuang, durante coletiva de imprensa.

Shuang ainda pediu aos EUA que “parem de abusar do conceito de segurança nacional”.

Brexit continua…

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson encaminhará nesta terça-feira outro projeto de lei que propõe a realização de eleições antecipadas. A nova tentativa surge um dia depois de os membros do Parlamento rejeitarem a proposta das eleições gerais para o dia 12 de dezembro. As informações são da Reuters.

O que é Brexit?

Comumente chamado de Brexit – abreviação de British exit, ou saída britânica, na tradução livre –, é um termo usado em referência à decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia.

Foto: Reuters/Damir Sagolj/File Photo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp