EUA formaliza processo de impeachment de Trump e China se preocupa com acordo

EUA - Foto de Deposit Photos

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira (31) a formalização para o processo de impeachment contra o presidente Donald Trump, por 232 votos a favor contra 196.

Os deputados produziram um roteiro para continuar com as investigações que estão sendo conduzidas em regime confidencial. A apuração se refere à suposta tentativa de Trump de fazer a Ucrânia investigar o candidato à presidência dos EUA, Joe Biden, como aponta a Reuters.

A resolução aprovada autoriza o Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes a tornar públicas as audiências.

Essa votação representa a primeira parte formal do inquérito sugerido pela presidente da Câmara, Nancy Pelosi, em 24 de setembro, além de demonstrar união entre os democratas, mas não haver um voto sequer por parte dos republicanos.

“É um dia triste”, afirmou Pelosi antes da votação e completou dizendo que ninguém vai ao Congresso para afastar o presidente.

Trump escreveu em seu Twitter que esta é a maior “caça às bruxas da história americana”.

Acordo comercial ainda de pé?

Segundo a Bloomberg, autoridades chinesas enfrentam dúvidas em relação a possibilidade de fechar um acordo comercial a longo prazo com os Estados Unidos.

O portal revela que a China está preocupada com o “temperamento impulsivo” de Donald Trump e com o risco de que os EUA mudem de ideia sobre o acordo limitado entre as duas maiores economias do mundo.

Foto: Deposit Photos

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp