Criptomoeda Dogecoin valoriza mais de 400% na semana e chega a valer US$ 40 bi

A criptomoeda, que também é um meme, entrou para o ranking das 10 maiores moedas digitais do mundo

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Dogecoin (DOGE), criptomoeda do meme cachorro Shiba Inu, bateu o recorde da sua cotação hoje, 16. Na máxima do dia, chegou a valer US$ 0,45, com um valor de mercado próximo dos US$ 50 bilhões. (Para efeitos de comparação, a Petrobras vale cerca de US$ 53 bilhões).

A ascensão relâmpago da cripto começou na quarta-feira, 14, com alta de 90% em um período de 24 horas. Isso porque, a principal corretora de moedas digitais dos Estados Unidos, Coinbase, teve uma estreia memorável na Nasdaq no mesmo dia.  





Com isso, diversas criptomoedas tiveram um dia de alta. O próprio bitcoin (BTC) superou os US$ 62 mil pela primeira vez, o Ethereum (ETH) também alcançou valores recordes (US$ 2.400) e com a Dogecoin não foi diferente, embora ele valha centavos de dólares e seja um meme. 

Ainda na quarta-feira, o Dogecoin recebeu o endosso do bilionário e apresentador de TV Mark Cuban. O empresário é dono do time de basquete Dallas Mavericks (Mavs) e anunciou no começo de março que aceitaria pagamentos em DOGE por ingressos de jogos e merchandise.

Em resposta a um usuário Twitter, Cuban afirmou que as vendas de seu time de basquete realizadas com a moeda digital cresceram 550% no último mês. Antes disso, o bitcoin já era aceito como forma de pagamento pelo empesário. 

Não só, a cripto meme é a moeda queridinha de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, além de influenciador de finanças no twitter nas horas vagas. Por sinal, ele já havia comentado sobre ela em sua rede social em outros momentos. 

Mas na última quinta-feira, 15, Musk publicou o tweet “Doge latindo para a lua” e, da noite para o dia, a moeda subiu mais de 200% e chegou a acumular valorização de 406% na semana que encerra hoje. 





Após o volume de negociação subir tanto em sete dias, o Dogecoin entrou para a lista das 10 maiores criptomoedas do mercado, ao lado de projetos mais renomados no meio das criptomoedas, como o Polkadot (DOT) e o Cardano (ADA). 

O que é a Dogecoin, afinal?

Lá em 2013, os programadores Billy Markus e Jackson Palmer tiveram a ideia de criar uma criptomoeda como uma sátira ao bitcoin (BTC). Nesse meio tempo, o meme de internet chamado “Doge”, um cachorro da raça Shiba Inu com uma cara engraçada ao lado de frases sem sentido, tinha popularidade. 

Meme Review 3: Dog Duel – County Line

No final das contas, foi ele que serviu de referência para a criptomoeda que até dezembro de 2020 valia menos de 0,01 doláres. 

Com o final do pregão, a moeda fechou em alta de 88%, aos US$ 0,35, com valor de mercado de US$ 40 bilhões. 

Leia também:   Ações da Eletrobras sobem com expectativa de privatização

Parece piada, e é mesmo, mas é real também. 





Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp