China autoriza mais 13 frigoríficos brasileiros para exportação de carne

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, informou nesta terça-feira, 12, por meio da sua conta oficial no Twitter, que a China habilitou mais 13 plantas brasileiras de carne para exportação ao país asiático. Ao todo, são cinco de carne suína, cinco de carne bovina e três de aves.

Em setembro, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) já havia anunciado a autorização de 25 empresas do setor frigorífico a exportar produtos à China.

“Mais uma notícia muito boa para os produtores, para a pecuária brasileira. Acabei de receber a notícia de mais 13 plantas habilitadas pra China. Cinco de bovinos, cinco de suínos e três de aves. Essa é a grande notícia do dia”, afirmou Cristina.





As 13 plantas habilitadas são:

Carne suína
  • SIF 15 – Seara Alimentos, em Seberi (RS)
  • SIF 60 – Seara Alimentos, em Três Passos (RS)
  • SIF 876 – JBS Aves, em Caxias do Sul (RS)
  • SIF 3847 – Cooperativa Central Aurora Alimentos, em Sarandi (RS)
  • SIF 3975 – BRF, em Lajeado (RS)
Carne bovina
  • SIF 847 – Marfrig Global Foods, em São Gabriel (RS)
  • SIF 1900 – Marfrig Global Foods, em Patos de Lacerda (MT)
  • SIF 889 – Frigorífico Sul, em Aparecida de Taboado (MS)
  • SIF 1365 – Naturafrig Alimentos, em Pirapozinho (SP)
  • SIF 2058 – JBS SA, em Senador Canedo (GO)
Carne de aves
  • SIF 603 – União Cooperativa Central, em Ubiratã (PR)
  • SIF 2675 – União Avícola Agroindustrial, em Nova Marilandia (MT)
  • SIF 2758 – Zanchetta Alimentos, em Boituva (SP)

O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, comentou, em nota, que a habilitação das produtoras e exportadoras de suínos e aves “devem ampliar ainda mais a importância da China na pauta exportadora de proteína animal”.

Turra ainda lembrou que o Brasil passa a contar com 16 plantas habilitadas para exportação de carne suína à China, além de 46 unidades autorizadas a exportar carne de frango.

Foto: Nacho Doce/Reuters

Leia também:   Hospital Care define faixa indicativa de IPO e pode movimentar R$1,1 bi

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp