Braskem reverte lucro e tem prejuízo de R$ 3,6 bilhões no primeiro trimestre

Reinaldo Canato - Braskem

A Braskem encerrou o primeiro trimestre deste ano com um prejuízo líquido de R$ 3,649 bilhões, enquanto no mesmo período de 2019 a companhia havia registrado um lucro de R$ 928 milhões.

O resultado negativo foi impactado pela variação cambial na dívida em moeda estrangeira e pelo ciclo de baixa do setor petroquímico global devido à queda na demanda provocada pela pandemia de Covid-19.

Além do mais, o prejuízo da empresa também é 25% maior frente ao trimestre anterior, quando as perdas chegaram a R$ 2,922 bilhões.

Nos três primeiros meses de 2020, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recorrente da Braskem foi de R$ 1,313 bilhão, uma queda de 22% em relação ao mesmo período do ano passado, quando apresentou R$ 1,683 bilhão, “em função de menores spreads no mercado internacional”, disse a empresa em nota.

A receita líquida de vendas caiu 3% na base anual, passando de R$ 12,978 bilhões para R$ 12,625 bilhões. Na comparação com o quarto trimestre de 2019, quando reportou R$ 12,640, praticamente não houve alteração.

Principais números da Braskem (BRKM5)
  • Prejuízo líquido: R$ 3,649 bilhões
  • Receita líquida: R$ 12,625 bilhões (-3%)
  • Ebitda recorrente: R$ 1,313 bilhão (-22%)
Veja mais detalhes!

Pelo TradeMap 3.0 é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bolsa de valores (incluindo ativos americanos). Acesse nossa plataforma web, clique uma vez no papel e estude os indicadores, ou abra a nova versão do aplicativo e analise as informações pela lâmina de empresas!

Clique aqui e saiba mais sobre os nossos planos.

Foto: Reinaldo Canato

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp