img-tag

PayPal compra empresa japonesa de pagamentos Paidy por US$ 2,7 bi

A compra da empresa é importante para a expansão do PayPal no Japão, país em que as comprar online chegaram a movimentar US$ 200 bilhões na última década

Foto: Shutterstock

Equipe TradeMap
Equipe TradeMap
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp


O PayPal (PYPL34), empresa de pagamentos, afirmou que comprará a Paidy, companhia japonesa de “compre agora, pague depois” (BNPL). O acordo movimentará US$ 2,7 bilhões, e representa mais uma etapa do domínio de uma indústria estimulada pela pandemia.

A compra da empresa é importante para a expansão do PayPal no Japão, país em que as comprar online chegaram a movimentar US$ 200 bilhões na última década, apesar de mais de dois terços das compras ainda serem feitas em dinheiro, de acordo com a própria empresa de pagamentos.





A Paidy oferece serviços de pagamentos que permitem a realização de compras online com pagamento posterior em lojas de conveniência ou por transferência bancária, além de atender mais de 6 milhões de usuários.

Leia também:   Conselho da Plano & Plano aprova programa de recompra de até 6 milhões de ações

Tradicionalmente, os consumidores japoneses preferem realizar os pagamentos em dinheiro, mas este cenário vem se transformando nos últimos anos, de acordo com Ejii Taniguchi, economista da consultoria Japan Research Institute.

“Uma das coisas notáveis sobre o mercado japonês de BNPL em comparação ao dos Estados Unidos ou Europa é que a maioria dos usuários resolve o seu saldo pendente até o fim do mês em um único pagamento. No Japão, acumular dívida é mais mal-visto”, afirmou.

O modelo de negócios BNPL tem sido bem-sucedido ao longo da pandemia, alimentado por programas de auxílio emergencial. O destaque da modalidade se concentra nos países ocidentais.

O acordo do PayPal acompanha o negócio da Square, rival da companhia que comprou a australiana Afterpay no mês passado, em transação que movimentou US$ 29 bilhões, vista por especialistas como o provável início da consolidação do setor.  





Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais