Yduqs tem prejuízo de R$ 79,5 milhões no 2T20

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Yduqs apresentou um prejuízo líquido de R$ 79,5 milhões no segundo trimestre de 2020, revertendo o lucro de R$ 194,8 milhões há um ano. De acordo com a empresa educacional, o resultado foi impactado pela contração do Ebitda e do aumento nas despesas financeiras.

“No 2T20, o resultado financeiro registrou piora quando comparado ao mesmo período do ano anterior em função do aumento relevante de despesas de contingência frente a crise do COVID-19, e também em função do aumento dos juros e encargos pagos referentes as captações de recursos nos últimos trimestres”, destacou a Yduqs em nota.

Em termos ajustados, a companhia reportou um lucro líquido de R$ 135,9 milhões entre abril e junho deste ano, o que representa uma queda de 30,2% em relação ao segundo trimestre de 2019.





Já o resultado operacional, medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), foi de R$ 111,2 milhões no período, cifra 67,5% inferior frente a um ano antes. O Ebitda ajustado caiu 4,5%, para R$ 326,6 milhões.

“O aumento dos descontos e bolsas concedidos durante o período da pandemia, e o aumento da inadimplência, somados a maiores despesas gerais e administrativas, em grande parte resultado das medidas de contingência relacionadas à Covid-19 contribuíram negativamente para a performance do Ebitda no segundo trimestre de 2020”, informou a companhia.

Por outro lado, a receita líquida da Yduqs registrou um crescimento de 3,5% na base anual, para R$ 991,1 milhões.

Veja mais detalhes!

Pelo TradeMap Premium é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bolsa de valores (incluindo ativos americanos).

Clique aqui e conheça nossos planos!

Foto: Unsplash

Leia também:   Grupo GPS define faixa indicativa e pode levantar R$ 2,6 bilhões em IPO

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp