Unifique emplaca IPO de R$ 818 milhões na B3

As ações serão negociadas no segmento do Novo Mercado da B3 na próxima terça-feira, 27, sob o ticker FIQE3

Unifique - Divulgação
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

Após o encerramento do procedimento de bookbuilding, a Unifique precificou sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a R$ 8,60 por ativo, valor perto do piso da faixa estipulada pelos coordenadores, que ia de R$ 8,41 a R$ 10,49.

Com a distribuição primária de 95.124.852 papéis ordinários, a companhia que atua como provedora de internet conseguiu captar R$ 818.073.727,20 para o seu caixa. Não houve oferta secundária, que é quando o atual acionista da empresa vende parte ou a totalidade de sua fatia.

A Unifique disse que os recursos serão utilizados para:

  • Crescimento orgânico (40%)
  • Aquisições estratégicas (40%)
  • Outros investimentos (20%)

Segundo o prospecto definitivo enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), as ações serão negociadas no segmento do Novo Mercado da B3 na próxima terça-feira, 27, sob o ticker FIQE3.

Leia também:   Track&Field (TCFO4): companhia pretende crescer por meio de abertura de lojas, diz CEO

Os coordenadores do IPO foram XP Investimentos (líder), BTG Pactual e Itaú BBA.

Sobre a Unifique

Em nota, a empresa diz ser a operadora de telecomunicações com a melhor banda larga e telefonia fixa do Brasil, de acordo com uma pesquisa de satisfação e qualidade percebida realizada anualmente pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Localizada na região sul do país, a Unifique já cobre mais de 1 milhão de residências e possui mais de 18 mil km de rede de fibra óptica.

Lâmina de IPO

Agora você pode analisar todos os IPOs em andamento na CVM direto pelo TradeMap!

Acesse nosso portal, clique no Módulo de Ações e, em seguida, selecione a aba “IPOs”, que fica na barra superior central da tela.

Leia também:   Após disparo de 22% das ações, Alliar (AALR3) confirma conversa com Nelson Tanure, mas nega proposta formal

Por lá, você conseguirá acompanhar todas as atividades relacionadas à oferta pública inicial, como valor da operação, faixa estimada pelos coordenadores, cronograma do IPO e muito mais!

O que é bookbuilding e para que serve?

De um modo resumido, o bookbuilding é o processo utilizado para definir um preço justo para o IPO ou oferta subsequente de ações (follow on), que seja adequado à intenção de compra dos investidores.

Por isso, durante o processo, os coordenadores da oferta estudam e avaliam a demanda de seus ativos no mercado. Assim, eles conseguirão estimar o preço que poderá praticar e a quantidade de ações ou títulos que poderão ser oferecidos. Veja mais detalhes aqui.

Foto: Unifique/Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

BLACK

WEEK

tag
Dias
Horas
Min.
Seg.

Não vá ainda...
Olha só o que tá rolando!

Popup Banner Black Week 3 1