Telefônica, TIM e Claro confirmam acordo de exclusividade com a Oi, diz agência

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Telefônica Brasil, dona da Vivo, TIM e Claro confirmaram na última sexta-feira, 7, por meio de fatos relevantes, um acordo de exclusividade com a Oi para negociar a compra da Oi Móvel. O acordo é válido até amanhã, 11.

De acordo com a Agência Estado, o acordo de exclusividade firmado dias antes pela Oi com a Highline do Brasil expirou na semana passada e não foi renovado, abrindo caminho para que o consórcio das teles assumisse a dianteira das negociações.





Contudo, mesmo perdendo essa vantagem, a oferta inicial da Highline teve caráter vinculante e continua valendo. Isso significa que a empresa ainda tem chance de ficar com os ativos da Oi.

A venda ocorrerá por meio de leilão, de acordo com o novo plano de recuperação judicial proposto pela operadora, que ainda está sujeito à aprovação pelos credores, ressalta a agência.

Foto: Reuters

Leia também:   Nubank recebe aprovação do BC para adquirir a Easynvest

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp