Senado adia votação de MP da Eletrobras para esta quinta-feira

Agora os defensores da proposta terão um período menor para tentar aprovar a MP, uma vez que ela perde a validade na próxima terça-feira, 22, caso não receba o aval do Congresso

Equipe TradeMap
Equipe TradeMap
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Com o prazo cada vez mais curto para encerrar a votação da medida provisória (MP) que viabiliza a privatização da Eletrobras, o Senado vai retomar nesta quinta-feira, 17, a análise da proposta que pode levantar cerca de R$ 60 bilhões ao governo.

Vale lembrar que a votação era o primeiro item da sessão da última quarta-feira, 16, mas não houve consenso para a aprovação do texto.





Além disso, a entrega do relatório pelo senador Marcos Rogério (DEM-RO) por volta das 18h, fez com que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) suspendesse a sessão após a leitura do político.

De acordo com o portal de notícias G1, muitos senadores concordaram com a privatização da Eletrobras, a maior empresa de geração e transmissão de energia do Brasil, mas criticaram a inclusão de “jabutis” – jargão utilizado para identificar trechos sem relação com o objetivo original da proposta.

Leia também:   Embraer entrega seu 1.500º jato executivo para operadora de fretamento na Suíça

Para esses senadores, esses trechos estão inviabilizando o avanço da MP.

Agora os defensores da proposta terão um período menor para tentar aprovar a medida provisória, uma vez que ela perde a validade na próxima terça-feira, 22, caso não receba o aval do Congresso.

Outro ponto importante é que se o relatório proposto por Rogério for aprovado, o texto terá que ser votado novamente na Câmara dos Deputados, o que aperta ainda mais o tempo da privatização da elétrica.





Principais pontos

Hoje, a União controla a Eletrobras com cerca de 60% das ações. Com a capitalização, deve reduzir a fatia na empresa para 45%. Além disso, a proposta prevê:

  • O aumento do capital social da empresa será por meio da oferta pública de ações
  • A participação de cada acionista ou grupo de acionistas não poderá ultrapassar 10%
  • A União terá ação preferencial de classe especial, a “golden share”, que dará poder de veto nas deliberações sobre o estatuto social da empresa
Leia também:   Agrogalaxy adquire 80% da Agrocat por R$ 180 milhões

Ibovespa

Por volta das 10h25 (no horário de Brasília), as ações PNB da Eletrobras subiam 0,94% no pregão desta quinta.

Acompanhe a cotação em tempo real da estatal e de outras companhias pelo TradeMap

Foto: Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais

Mais 1000 vagas Liberadas! 🤩

Banner Popup 2