Previsão para PIB no fim de 2020 volta a piorar, mostra relatório

Getty Images

A projeção dos agentes do mercado financeiro para o Produto Interno Bruto (PIB) voltou a piorar, depois de nove semanas seguidas de melhora, revela o Boletim Focus divulgado nesta terça-feira, 8.

O mercado prevê que o PIB tenha uma retração de 5,31% em 2020. Na semana passada, a expectativa era de um encolhimento de 5,28%. O ajuste ocorre após a queda de 9,7% na economia brasileira no segundo trimestre, mostrou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para 2021, o relatório manteve pela 14ª semana consecutiva a projeção da economia brasileira em expansão de 3,50%.

A taxa básica de juros teve a projeção mantida pelo mercado para 2020 em 2% ao ano. Para 2021, os economistas esperam que a Selic fique em 2,88% ao ano, mesma estimativa da semana anterior.

A previsão para a inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu de 1,77% para 1,78% em 2020. Para o ano que vem, o Boletim Focus segue com uma projeção de 3% pela 12ª semana seguida.

A meta de inflação a ser perseguida pelo BC é de 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% para 2022, sempre com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Por último, a expectativa do dólar para este ano ficou em R$ 5,25. Para 2021, os economistas esperam a moeda a R$ 5, mesmo nível por seis semanas.

Foto: Getty Images

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp