Pedidos de seguro-desemprego no Brasil somam 960 mil em maio

Carteira de trabalho, foto de Getty Images

Em meio à crise provocada pela pandemia de covid-19, a quantidade de pedidos de seguro-desemprego chegou a 960.258 em maio, uma expansão de 53% em relação ao mesmo período do ano passado, quando as solicitações somaram 627 mil. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 9, pelo Ministério da Economia.

Além do mais, as informações também apontam que, frente a abril deste ano, as solicitações ao benefício do mês passado tiveram um crescimento de 28,3%, quando havia reportado 748.540.

No acumulado dos cinco primeiros meses de 2020, os pedidos de seguro-desemprego somam 3,297 milhões, o que significa uma alta de 12,4% sobre o mesmo intervalo de tempo de 2019, quando as solicitações atingiram a marca de 2,934 milhões.

Segundo o Ministério da Economia, os pedidos de auxílio-desemprego foram distribuídos entre serviços (42%), comércio (25,8%), indústria (20,5%), construção (8,2%) e agropecuária (3,4%) no mês de maio.

Foto: Getty Images

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp

Assine a nossa Newsletter!