Opep mantém previsão de queda na demanda global de petróleo neste ano

Opep+, foto de Leonhard Foeger - Reuters 2

 

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) manteve praticamente inalterada sua previsão para o tombo na demanda global de petróleo em 2020, de cerca de 9,5 milhões de barris por dia (bpd). Por outro lado, a instituição revisou suas projeções regionais.

De acordo com a Agência Estado, o consumo mundial pela commodity deve ser de 90,3 milhões de barris por dia neste exercício. Para 2021, a Opep espera um crescimento menor, de 6,54 milhões de bpd e não mais 6,62 milhões de bpd, como na última projeção.

“Esta revisão para baixo em 2021 reflete principalmente menor perspectiva de crescimento econômico para os países que fazem parte da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e também os de fora do grupo em comparação com a previsão do mês passado”, revela a entidade em seu relatório mensal divulgado hoje, 13.

No caso dos países que participam da OCDE, a projeção da Opep da demanda de petróleo foi alterada e aponta para uma retração de 4,84 milhões de bpd, 600 mil a menos que a expectativa anterior.

Já em relação aos países de fora da OCDE, a entidade ajustou para cima sua perspectiva em 500 mil de barris por dia neste ano, para uma demanda de 4,63 milhões de bpd em 2020.

Para o próximo ano, a Opep informa que o crescimento da demanda de petróleo seja limitado a uma série de fatores, como o trabalho e educação à distância, além da diminuição de viagens internacionais.

Foto: Leonhard Foeger/Reuters

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp