Novos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA somam 793 mil

Mesmo com a retração, o número de solicitações foi maior do que o esperado pelo mercado

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos totalizaram 793 mil na semana passada, o que representa uma queda de 19 mil solicitações frente à leitura da semana imediatamente anterior, quando reportou um número de 812 mil – com o dado revisado pelo Departamento do Trabalho do país.

Mesmo com a retração, o número de pedidos da semana passada foi maior do que o esperado por analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que projetavam 760 mil novas solicitações.





Já os pedidos contínuos, ou seja, aqueles benefícios que estão sendo pagos por duas ou mais semanas, também diminuíram em 145 mil, para 4,54 milhões no total.

Leia também:   JBS reverte prejuízo e registra lucro de R$ 2 bilhões no 1º tri

Por outro lado, o Departamento do Trabalho dos EUA apontou que o total daqueles que receberam qualquer benefício dos programas sociais saltou para 20,44 milhões devido a um aumento nos registros de dois programas de compensação e alívio na pandemia.

Foto: Vlad Hilitanu/Unsplash

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp